PUBLICIDADE
Caarapó

Justiça determina afastamento de gerente geral da Prefeitura de Naviraí

| TA NA MíDIA NAVIRAí


Por determinação da juíza Marilza Baptista, o gerente geral da Prefeitura, Gilberto Pimpinatti (que acumula o cargo de secretário de Obras), terá que ser afastado do cargo.

A confirmação da notícia é do promotor de justiça de Defesa do Patrimônio Público - Paulo Riquelme. Ele declarou que o prefeito de Naviraí - Zelmo de Brida (PMDB) já foi notificado e terá que afastar o servidor do cargo maior da Prefeitura, sob pena de ter que pagar multa/dia (valor diário ainda não divulgado).

O afastamento é por tempo indeterminado, até que todas as testemunhas sejam ouvidas e haja o sentenciamento do caso, que está sob investigação.

A sanção, através de liminar, acontece porque a juíza acatou parcialmente a Ação Civil Pública, impetrada pela Promotororia de Justiça, sobre o caso Mefi (venda de terreno público do Distrito Industrial). A Prefeitura terá que comprovar o afastamento em até 10 dias.

O setor jurídico da Prefeitura deve tentar o efeito suspensivo, no Tribunal de Justiça (TJ-MS), onde o prefeito Zelmo tem foro privilegiado. O promotor Paulo disse que ação também era contra o prefeito Zelmo de Brida, contra o servidor público da Prefeitura municipal Cícero dos Santos (Cicinho do PT) e João Marcos Rosa (que já havia pedido afastamento).


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE