PUBLICIDADE
Política

Mesmo no PDT, Artuzi diz que vai apoiar André Puccinelli

| DOURADOSAGORA


Mesmo estando no Partido Democrático Trabalhista (PDT), grupo político que já declarou apoio a candidatura do ex-governador Zeca do PT, o prefeito de Dourados Ari Valdecir Artuzi disse ontem que irá apoiar o governador André Puccinelli, nessas eleições.

A decisão do prefeito teria partido de uma promessa feita ao governador, no calor da campanha pelo "Anel Viário" de Dourados. Artuzi disse que se a obra da Perimetral Norte fosse concretizada, no município, André poderia contar com o apoio dele. E foi o que aconteceu. Ari disse abertamente ontem durante o lançamento das obras da Perimetral Norte, que o governador poderá contar com ele.

Na manhã de ontem, após sair da tenda armada às margens da Avenida Guaicurus, o prefeito Ari Artuzi acompanhou o governador até a Rádio 94FM onde em entrevista ao radialista e deputado federal Marçal Filho (PMDB/MS) reafirmou seu apoio a Puccinelli.

PRESIDÊNCIA

O deputado estadual Reinaldo Azambuja, presidente regional do Partido Social Democrático Brasileiro (PSDB) declarou ontem à reportagem que o Bloco Democrático Reformista (BDR) e o PMDB estão bastante unidos. Ele também afirmou que André Puccinelli vai apoiar o governador do Estado de São Paulo José Serra, à presidência da Republica.

"Ele vai estar no palanque do José Serra nessas eleições. Acho muito difícil o governo ter algum projeto político com a candidata do PT, Dilma Roussef", enfatizou o deputado durante solenidade de lançamento das obras da Perimetral Norte.

Mesmo crente no apoio de André ao candidato a presidência do PSDB, Azambuja declarou que se o governador declarar aliança à ex-ministra da Casa Civil, o partido, como também todo o bloco BDR, podem se tornar adversários políticos dele, nessas eleições. "Se isso acontecer o PSDB deve lançar candidatura própria ao governo do Estado e também ao Senado Federal", garantiu Reinaldo Azambuja.


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE