PUBLICIDADE
Dourados

Indígena morto a pedradas na aldeia Bororó é identificado e dois suspeitos são detidos

Edemilson Flores, que era conhecido como 'Cincão' foi morto próximo à região do CRAS (Centro de Referência em Assistência Social) da aldeia

| DOURADOSNEWS / THALYTA ANDRADE E OSVALDO DUARTE


Curiosos se aglomeraram no local do crime, uma estrada vicinal dentro da aldeia Bororó - Crédito: Osvaldo Duarte / Dourados News

O indígena assassinado na aldeia Bororó, dentro da Reserva de Dourados, na tarde deste domingo (27) foi identificado pela polícia como Edemilson Flores, que era conhecido como 'Cincão'.

Conforme adiantado pelo Dourados News anteriormente (confira aqui), o indígena foi morto próximo à região do CRAS (Centro de Referência em Assistência Social) da aldeia. O corpo dele estava na estrada que dá acesso ao Centro.

O Corpo de Bombeiros chegou a ser acionado, mas ao chegarem ao local os militares constataram a morte de Edemilson.

Equipes da Polícia Militar e da Polícia Civil também estiveram no local para as primeiras apurações sobre as circunstâncias do assassinato. Segundo apurado pela reportagem, duas pessoas foram detidas suspeitas de envolvimento no homicídio e deverão prestar esclarecimentos.

Muitos curiosos se aglomeraram no local e a área foi isolada pela perícia técnica. Próximo do corpo, havia uma pedra com sangue.

O caso segue sob investigação.

 


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE