PUBLICIDADE
Caarapó

Homens armados invadem empresa na fronteira

| REPORTEMS


Uma empresa distribuidora de produtos gráficos localizada em Pedro Juan Caballero, perto da divisa com Ponta Porã, foi invadida por dois assaltantes armados. Sob ameaça de morte o gerente foi obrigado a entregar US$ 9 mil e R$ 1,1 mil que seriam depositados ainda pela manhã. Os autores se comunicavam em português, mas seriam de nacionalidade paraguaia.


Conforme as informações da Polícia Nacional, ontem por volta das 8h, dois homens armados com pistolas calibre 9 milímetros invadiram a loja Kuatiapo S.A. situada na rua Tenente Herrero esquina com Carlos Domingues, e anunciaram o assalto. O gerente Ramón Gimenez disse que ficou sob a mira de uma pistola e recebendo xingamentos até repassar todo o dinheiro que estava em um malote que seria levado ao banco ainda pela manhã.


Os assaltantes, segundo ele, chegaram ao local em uma motocicleta da marca Star e se comunicavam falando em português, mas devido ao sotaque deduz-se que seriam paraguaios. Os rostos dos dois estavam cobertos com capacetes, o que dificultou a identificação, mas conforme a vítima os dois são morenos, sendo um de estatura baixa e o outro alta.


Eles fugiram levando US$ 9 mil e R$ 1.100, correspondentes aos recebimentos efetuados em dois dias pela empresa. Ramón Gimenez disse que dificilmente ficam altas somas na empresa, já que os clientes normalmente pagam através de boletos na rede bancária, mas justamente ontem havia uma quantia razoável de dinheiro no local. Além do gerente havia vários funcionários e apenas uma cliente no interior da loja. Ninguém ficou ferido.


Também ontem pela manhã um corretor que faz câmbio de dinheiro perdeu 800 mil guaranis, valor equivalente a R$ 320, conforme o câmbio de ontem em Pedro Juan Caballero. Júlio Benitez em depoimento à Polícia Nacional disse que foi interceptado por dois homens armados e de motocicleta, que lhe apontaram um pistola e o obrigaram a entregar o dinheiro.


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE