PUBLICIDADE
agora é oficial

Presidente do TRT de MS é nomeado ministro do Tribunal Superior do Trabalho

| G1 MS


Desembargador Amaury Rodrigues, presidente do TRT em MS — Foto: TRT/Divulgação

O desembargador Amaury Rodrigues Pinto Júnior, presidente do Tribunal Regional do Trabalho da 24ª Região, em Mato Grosso do Sul, foi nomeado como ministro do Tribunal Superior do Trabalho (TST).
O decreto do presidente da República, Jair Bolsonaro, com a nomeação foi publicada na edição desta terça-feira (20), do Diário Oficial da União.
O desembargador exercerá o cargo de ministro na vaga decorrente da aposentadoria do ministro Márcio Eurico Vitral Amaro.
A posse ocorrerá nesta quarta-feira (21), às 16h30, no gabinete da Presidência do TST, em Brasília.

Listra Tríplice
O nome do desembargador Amaury foi um dos três escolhidos pelo Pleno do Tribunal Superior do Trabalho (com 100% dos votos), no dia 19 de abril, para compor a lista tríplice para preenchimento de vaga de ministro destinada à magistratura de carreira.
A decisão com o nome do indicado pelo presidente da República foi publicada no dia 7 de maio, no Diário Oficial da União.
No dia 5 de julho, o magistrado passou por sabatina na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania do Senado e, no dia 8 de julho, foi aprovado no plenário do Senado.

Trajetória
O novo ministro do TST nasceu em Curitiba (PR) e se formou como bacharel pela faculdade de Direito de Curitiba. Em 1989, ingressou na magistratura como juiz do trabalho substituto do TRT da 10ª Região. Presidiu as juntas de Conciliação e Julgamento (atualmente Varas do Trabalho) de Mundo Novo e Campo Grande (MS) e dirigiu o Foro de Campo Grande.
Em 2001 foi promovido, por merecimento, a desembargador do TRT da 24ª Região, e presidiu a corte no biênio 2006/2008. Em âmbito nacional foi presidente do Colégio de Presidentes e Corregedores dos Tribunais Regionais do Trabalho (Coleprecor) no período de 2007 a 2008, além de presidente do Conematra desde março de 2018. Atualmente presidia novamente o TRT da 24ª Região pelo biênio 2021/2022.
Além de seu trabalho no Judiciário Trabalhista, o desembargador também é reconhecido pela atividade docente. Doutor em Direito pela Universidade de São Paulo - USP (2015) e autor do Livro "A quantificação do dano: acidentes do trabalho e doenças ocupacionais", ministrou diversos cursos da Escola Nacional de Formação e Aperfeiçoamento de Magistrados do Trabalho (Enamat) e em cursos de Graduação e Pós-Graduação.


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE