PUBLICIDADE
Geral

Sem-terra fecham quatro rodovias em MS

| MIDIAMAX


Ao menos quatro trechos de rodovias que cortam o Estado de Mato Grosso do Sul foram bloqueados hoje cedo, informou a PRE (Polícia Rodoviária Estadual).

Os manifestos têm sido comandados por integrantes do MST (Movimento dos Trabalhadores Sem Terra), Fetagri (Federação dos Trabalhadores na Agricultura) e CUT (Central Única dos Trabalhadores).

A PRE apura se mais vias foram fechadas desde às 6 horas desta segunda-feira, movimento conhecido como “Abril Vermelho”. Na MS-060, estrada que liga Campo Grande a Sidrolândia, ao menos 200 famílias bloqueiam a estrada perto da fazenda Itaquara.

Já na MS-295, estrada que une Eldorado ao município de Iguatemi, outras 200 famílias fecharam a pista. De acordo com a PRF, trecho da MS-276, estrada que liga Nova Andradina e Ivinhema, também está fechada. Parte da MS-164, próximo a Ponta Porã, também é alvo do manifesto dos sem-terra.

Os sem-terra pedem atenção do governo, mais recursos para manter seus assentamentos e também agilidade nos processos de desapropriação e liberação de lotes para a reforma agrária. Semana passada, os sem-terra ocuparam uma fazenda na cidade de Bataiporã, e dono da propriedade moveu recurso pela desocupação.


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE