PUBLICIDADE
Caarapó

Construção civil continua em alta em Caarapó

O setor está em alta nos últimos dois anos e não para de crescer.

| CAARAPONEWS


Por José Carlos

Apesar da palavra “crise” ser tão usada nos últimos tempos não somente no Brasil, mas em quase todo o mundo praticamente, esta não tem sido uma realidade para a construção civil de Caarapó. O setor está em alta nos últimos dois anos e não para de crescer.
 

Segundo o Setor de Cadastro da prefeitura de Caarapó, em 2007 foram aprovados 157 alvarás já em 2009 o número foi de 297, o que representa um aumento de 189%. Em 2007 foram registrados 22 habite-se (imóveis concluídos) e em 2009 um total de 143, o que resultou num aumento de 650%.
  Conforme o empresário Marcos Jorge, proprietário da empresa “Franco Jorge”, a construção civil em Caarapó realmente vai muito bem. “Não faz muito tempo em nossa cidade que este setor era desanimador, as construções eram pingadas, sobrava mão-de-obra. Às vezes era de doer o coração, muita gente qualificada para o mercado de trabalho, mas não tinha serviço”, falou.
  “De três anos para cá com o desenvolvimento do município a situação se inverteu. Muitas vezes estamos com dificuldades de assumir determinados contratos por falta de profissionais para o setor. As indústrias absolveram uma boa parte desses profissionais e os que sobraram não está sendo o suficiente para a demanda”, concluiu o construtor.
  Já para o pedreiro Sandro Rodrigues, Caarapó vive uma de suas melhores fases tratando-se da construção civil. “Nunca se construiu tanto como nos últimos anos. Antes desse crescimento passei maus momentos, só que ultimamente Deus abriu as portas e serviço não tem faltado. Muitas vezes temos que dispensar serviços pela falta de serventes no mercado. Realmente está uma benção, estou aproveitando essa boa fase para construir a minha tão sonhada casa, sem contar com um carro que já consegui comprar para facilitar o meu trabalho”, comentou.
  Segundo o empresário Leônidas Ignácio Moreno, um dos proprietários da Tigre Materiais para Construção, é inquestionável o bom momento que vive a construção civil em Caarapó. “Temos constatado isso nos últimos três anos, só aqui na cidade nosso movimento aumentou em aproximadamente 10%. Quanto a falta de mão-de-obra esse é um grande problema, estamos construindo o Edifício, Residencial Caarapó, e as obras só não estão mais adiantadas por falta de pedreiros e serventes no município”, argumentou.
  De acordo com a arquiteta Vivian Rodrigues de Almeida Forlin, a construção civil em Caarapó nos últimos três anos realmente deu uma alavancada fora do comum. De lá para cá a procura de mão-de-obra cresceu e há falta de profissionais nesse setor. Uma das explicações para essa mudança está relacionada aos financiamentos liberados pela Caixa Econômica Federal (CEF), em especial o projeto Minha Casa, Minha Vida. “O projeto tem subsídio do governo o que auxilia a população no orçamento para a construção da casa própria.
  Outra explicação para esse crescimento dá-se ao fato do bom momento em que vive o município com relação à industrialização. “As pessoas que estão chegando de fora para trabalharem e já estão investindo na moradia própria, pois a oferta de casas para alugarem diminuem a cada dia”, falou.
  Vivian disse ainda que outro fator muito importante tem sido a abertura de novos loteamentos como o do Jardim  Adonai, Capitão Vigário e Santa Marta II. “Esses loteamentos têm possibilitado as pessoas a adquirirem o seu lote e com a facilidade do financiamento realizar o seu grande sonho, que é a casa própria”, finalizou.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE