PUBLICIDADE
Caarapó

Em visita a Caarapó, Delcídio anuncia investimentos

Os parlamentares discutiram com as lideranças indígenas a questão da demarcação de novas aldeias

| CAARAPONEWS COM ASSESSORIA


O senador Delcídio do Amaral (PT/MS) visitou nesse final de semana o município de Caarapó, onde anunciou novos investimentos.
 

Ao lado do deputado federal Antonio Carlos Biffi (PT/MS), ele se reuniu com lideranças indígenas da aldeia Te’Yikuê, onde vivem 900 famílias guarani. No encontro, que contou também com a presença do prefeito Mateus Palma (PR), o deputado estadual Pedro Kemp(PT), o ex-prefeito de Dourados, Laerte Tetila, e o ex-deputado federal João Grandão, ficou decidido que Biffi e Delcídio vão trabalhar junto ao governo federal para liberar R$ 2,3 milhões, que serão investidos na construção de duas escolas, uma de nível médio e outra para o ensino fundamental, além da reforma do campo de futebol.
  “São investimentos muito importantes porque oferecerão aos jovens indígenas ensino básico e de nível médio, além de criar espaços para a promoção de uma série de atividades sociais e de lazer, o que acaba beneficiando toda a comunidade”, ressaltou o senador, que foi a aldeia participar do encerramento do 14º. Fórum Indígena. Além das escolas e do campo de futebol, os índios pediram também a construção de mais casas (hoje estão sendo erguidas 65) e a implantação de energia (atualmente são 410 ligações) na aldeia.
  Os parlamentares discutiram com as lideranças indígenas a questão da demarcação de novas aldeias. “Essa é uma das prioridades do presidente Lula. Toda vez que encontra comigo, ele fala: Delcídio, nós vamos resolver essa questão de maneira a tranqüilizar não só os índios, mas também os produtores rurais de Mato Grosso do Sul”, revelou o senador.
  Segundo ele, o governo federal vai comprar terras que serão destinadas às famílias indígenas. “É uma maneira inteligente de resolver a questão, sem ferir o que determina o Art. 231 da Constituição. O governo compra a terra e destina essa terra a ampliação das aldeias, sem criar nenhum trauma, e remunerando, de forma justa, os produtores rurais que dedicaram , muitas vezes, uma vida inteira de trabalho na terra para criar seus filhos”, ponderou.
  O prefeito Mateus Palma apresentou a Delcídio um projeto para implantação de rede de drenagem e saneamento em várias ruas da região central da cidade. “As obras estão orçadas em R$ 7 milhões. Vamos fazer gestões junto à Casa Civil da Presidência da República para incluir o pedido na programação do PAC 2.
  “Mesmo que não consigamos todos os recursos, pelo menos uma parte tentaremos viabilizar”, afirmou o senador.  

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE