PUBLICIDADE
aviso

Empresário de Benítez diz que meia deixará o São Paulo se não for usado

| GLOBO ESPORTE


Benítez no vestiário antes de Fortaleza x São Paulo — Foto: Divulgação/São Paulo

O empresário Adrian Castellanos, que cuida da carreira de Benítez, diz que o meia não seguirá no São Paulo se o técnico Hernán Crespo não utilizar o jogador. O agente também reclama da posição em que o treinador escala o argentino.
Castellanos inicialmente disse ao “Blog do Nicola” que o jogador não seguirá no clube nas atuais condições. Depois, concedeu entrevista ao ge e confirmou as declarações.
– Nós respeitamos o Mister (professor) e temos boa relação com ele. Tanto eu quanto o Martín (Benítez), mas temos que ser realistas: não tem como ele permanecer se não for utilizado. Quando usa, ele quer que ele faça a função de 5, de marcação, e sabemos que o Benítez é um jogador talentoso, de armação de jogadas. Se for para ser usado assim, não faz sentido ele ficar no São Paulo – declarou o agente.

Martín Benítez perdeu espaço com Crespo no segundo semestre, meses depois de ser eleito o Craque do Paulistão. Mesmo assim, o São Paulo abriu diálogo com o Independiente para estender o contrato de empréstimo por mais um ano.

Segundo Castellanos, o São Paulo segue como a prioridade para Benítez, até pela opção de compra no contrato. No Morumbi, a chance de aquisição no momento é vista como algo difícil, em virtude da crise financeira em que o clube se encontra. As dívidas ultrapassam os R$ 600 milhões.

Por conta disso, o Tricolor tenta a prorrogação do empréstimo por mais um ano. Ainda não foi enviada nenhuma proposta formal, de acordo com o diretor de futebol Carlos Belmonte.
Enquanto isso, o empresário afirma que há clubes brasileiros interessados e dispostos a escalar Benítez como “armador”. Castellanos rebate os questionamentos sobre a condição física do meia, que acabou vetado, por exemplo, dos dois duelos contra o Palmeiras pelas quartas de final da Libertadores.
– O Benítez sempre esteve bem fisicamente. Nunca falamos nada por respeito, mas chegou um momento em que tenho que falar, senão todo mundo vai achar que o Martin é um jogador incapacitado de atuar por 90 minutos, e isso não é verdade. Ele não joga porque o Mister o tira do jogo. Contra o Racing, por exemplo, ele estava bem e o Mister o tirou de campo – disse.
– Ele pode jogar bem ou mal, isso é do jogo, mas não quero que a torcida ache que ele não pode atuar por 90 minutos. Ele está bem, está mais magro e com totais condições. Como eu disse, respeitamos a decisão do Crespo, é uma excelente pessoa, mas se não for para jogar na sua posição, não fica – sentenciou.

Martín Benítez possui contrato de empréstimo até o fim da temporada. Para adquiri-lo em definitivo e sem encarar mais uma negociação, o São Paulo precisaria pagar ao Independiente 3 milhões de dólares (R$ 16 milhões).


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE