PUBLICIDADE
Caarapó

Empresárias mobilizam campanha para doação de medula óssea para amiga

| CAARAPONEWS/JOSé CARLOS


A moadora de Caarapó Sunilda Saracho. Fotos: Divulgação

As empresárias Monique Lima, ex-moradora de Caarapó e Lilian Kely Oliveira, de Caarapó, lançaram recentemente uma campanha para doação de medula óssea.

A campanha será em prol da vida da moradora de Caarapó, Sunilda Saracho (43), e de outras  pessoas que necessitam da referida doação.

A iniciativa surgiu após as duas empresárias acompanharem de perto as dificuldades que a amiga Sunilda vem enfrentando por conta de uma luta contra o câncer que já dura cerca de três anos.

“Nesse momento a Sunilda enfrenta uma batalha contra a leucemia e está necessitando de doação de medula óssea, e por isso quanto maior o número de doadores, maior a probabilidade de encontrar um doador compatível. O tipo sanguíneo não interfere na doação de medula”, observou Lilian.

“Graças a Deus estamos contando com a ajuda de vários órgãos públicos e precisamos da mobilização da comunidade para o êxito desta campanha”, acrescentou à empresária do setor farmacêutico.

Segundo Monique Lima, já está definido que uma equipe do Hemocentro de Dourados virá a Caarapó para captação de doadores. Essa ação ocorrerá no próximo dia 2, no prédio do Sindicato Municipal dos Trabalhadores em Educação (Simted). O atendimento será das 8 às 16h.

De acordo com a colaboradora da campanha, a médica hematologista Bárbara Gonçalves, para ser doador é necessário ter de 18 a 35 anos, está em bom estado de saúde e não possuir nenhuma doença infecciosa.

 “Muitas pessoas pensam que a medula óssea é coletada da coluna e isso não é verdade. Mas,  sim do osso posterior do quadril, ou seja, da bacia. Para quebrar de repente as barreiras ainda de algumas pessoas com relação ao assunto, vale ressaltar que o relato de quem já doou é que a dor é apenas no local e que tende a desaparecer em um pequeno espaço de tempo”, tranquilizou a médica Bárbara Gonçalves.

A campanha conta ainda com apoio de amigos e familiares da paciente Sunilda Saracho.

Sunilda Saracho trabalha como assistente administrativa no escritório da Cassems e está atualmente internada em um hospital na cidade de Dourados. Primeiro ela teve o câncer de mama e atualmente está com leucemia.

Mais informações pelo WhatsApp 67 9 9897-0809, ou então pelas redes sociais: Lilian Kely Oliveira (Facebook) e lilian_abvfarma instagran, além de mo.limma Instagram e Monique Lima  (Facebook).

As idealizadoras da campanha, Monique Lima (E) e Lilian Kely Oliveira

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE