PUBLICIDADE
muia dor

Mochileira descobre a morte do namorado e fica em choque

| G1 MS


Tiago e a namorada Jennifer percorreram o Brasil de moto, durante oito meses e treze dias. — Foto: Redes socias/Reprodução

‘Minha filha está choque, ela amava tanto o Tiago’, relatou Angélica Santos Pereira, de 49 anos, mãe da mochileira Jennifer Santos, 19 anos, sobre o estado de saúde da jovem, ao descobrir sobre a morte do namorado após o acidente de moto que sofreram na terça-feira (16).
Angélica disse ao g1 que não pode mais adiar a notícia que mais temia, contar a Jennifer sobre a morte de Tiago Escarcell Boher, 32 anos. O casal estava na etapa final da realização de um sonho: viajar por todos os estados do país em uma motocicleta.

“Minha filha ficou desesperada, chorou, chorou e eu também, tudo isso é inacreditável. Jennifer está em estado de choque, ela amava tanto o Tiago. Conversei com ela e falei toda a verdade, expliquei que não pude contar antes porque ela estava muito frágil em uma UTI”, relatou.
Acompanhada de enfermeiras e psicólogos, Angélica falou sobre a morte de Tiago, ainda sem acreditar em tudo que ocorreu nos últimos dias. O casal de mochileiros estavam juntos há pouco mais de um ano e compartilhavam a paixão por motos, viagens e aventuras.
Após oito meses e 13 dias na estradas, Tiago e Jennifer iriam concluir o mochilão pelo Brasil em Mato Grosso do Sul. Angélica destacou que mesmo com todas as dificuldades e incertezas, está aliviada de não esconder mais nada da filha, que agora precisa ser forte e concentrar energias em sua recuperação.

“O Tiago sempre falava para Jennifer ser forte, superar os desafios e vencer, é isso que precisamos, quero que ela se recupere e melhore. O dia de ontem foi muito pesado, mas estou em paz porque não estou escondendo nada da Jennifer” disse.
Angélica relatou a Jennifer que Tiago foi recebido sob forte comoção dos moradores, amigos e familiares em Pelotas (RS) e disse estar ansiosa para o momento de poder retornar para casa e virar esse capítulo de sua vida.

"Contei que fizeram homenagem em Pelotas quando chegou o corpo, é muito triste, mas Deus está no comando e o Tiago vai continuar cuidando da minha filha, ela precisa ser forte”, disse.

Estado de saúde de Jennifer
Após sete dias no Centro de Terapia Intensivo (CTI), Jennifer teve alta e está em um quarto da Santa Casa de Campo Grande (MS), após o acidente de moto que sofreu no dia 16 de novembro.
Angélica disse que Jennifer não tem previsão de alta e ainda deverá passar por novos procedimentos cirúrgicos devido a gravidade do caso.
A jovem sofreu múltiplas fraturas pelo corpo e está em observação clínica, consciente, orientada e estável, de acordo com o último boletim médico divulgado pela Santa Casa de Campo Grande. Jennifer fez cirurgias, amputou dois dedos e uma parte do pé, colocou pinos na perna e bacia.

Como foi o acidente
Segundo o boletim de ocorrência, um motociclista de 63 anos, que estava em uma motocicleta de luxo, tentou ultrapassar um caminhão em local proibido e bateu de frente na moto do casal de mochileiros. Com a batida, Thiago e Jennifer foram arremessados para a margem da rodovia. Já o motociclista que causou o acidente foi atingido por uma carreta e morreu no local.
Na manhã de terça, poucas horas antes do acidente, o casal publicou um vídeo no Facebook para comemorar os destinos já percorridos em pouco mais de oito meses de viagem (veja o vídeo abaixo). Na gravação, muito emocionados, eles soltaram fogos de artifício e comemoraram o fato de terem chegado ao estado.
“Concluímos os 27 estados [incluindo Distrito Federal] , acabamos de chegar em Mato Grosso do Sul, demos a volta no Brasil! Acabamos de chegar e estamos cansados. Ontem dormimos só três horas, tá sendo uma história que está marcada. Nem sei o que dizer, bora viver!”, disse Tiago.


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE