PUBLICIDADE
clima de decisão

Palmeiras embarca para a final da Libertadores nos braços da torcida

| GLOBO ESPORTE


Torcedores do Palmeiras cercam o ônibus na saída do CT — Foto: Henrique Toth

Começou a final da Libertadores da América para o Palmeiras. No início da tarde desta quarta-feira, o elenco alviverde embarcou para Montevidéu, onde buscará o tricampeonato continental neste sábado, às 17h, contra o Flamengo.
Com uma grande festa da torcida, a delegação do Verdão deixou a Academia de Futebol pouco antes das 13h e seguiu para o aeroporto internacional de Guarulhos.

Jogadores, comissão técnica e dirigentes, antes de entrar em dois ônibus do clube, foram homenageados por funcionários, que se reuniram para desejar boa sorte à delegação.

Ao deixar o CT, o elenco se deparou com milhares de torcedores. Os fãs começaram a se reunir na avenida Marquês de São Vicente desde o meio da manhã. Estouraram fogos, portaram bandeiras, cantaram o hino. E foram ao delírio às 12h57, quando os ônibus despontaram no portão.

Os veículos ficaram cerca de dez minutos cercados pela torcida – até conseguirem se deslocar, com batedores da polícia, para Guarulhos, onde chegaram às 13h35.

Lá, os jogadores desceram dos ônibus e entraram no aeroporto por um portão alternativo. Por orientação da polícia, não houve presença de torcida no local.

Às 14h20, os jogadores iniciaram a entrada no avião. O embarque estava previsto para 15h, mas houve um atraso. A aeronave chegou a iniciar o processo de decolagem, mas teve de estacionar novamente. Às 15h52 a delegação enfim deixou o Brasil a caminho do Uruguai, onde chegará no início da noite.

Os treinamentos começam na quinta. Na sexta, ocorrem os eventos oficiais da final, como o reconhecimento do gramado do Centenário.

 


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE