PUBLICIDADE
Caarapó

“PT vem forte para as eleições de outubro”, diz Delcídio em Caarapó

O senador revelou ainda, que suas agendas e as de Zeca estão sendo alinhadas

| CAARAPONEWS


Por André Nezzi

Durante sua visita a cidade de Caarapó, o senador Delcídio do Amaral (PT-MS) falou sobre diversos assuntos políticos com a reportagem do CaarapoNews.
 

De acordo com o senador, as divergências entre ele e o ex-governador Zeca do PT não atrapalharão em nada o partido e o PT deve vir forte para as eleições de outubro deste ano. “Tivemos eleições diretas, definimos nossas chapas, executiva e diretório regional, tudo por consenso, o que mostra que estamos com os mesmos pensamentos”, afirmou Delcidio, ressaltando que “o PT é um partido que debate e discute democraticamente os principais temas nacionais e do estado. Divergências sempre vão haver, porém, não vão influenciar nosso projeto político”.
  O senador revelou ainda, que suas agendas e as de Zeca estão sendo alinhadas e que daqui para frente ambos percorrerão o Estado juntos para discutir projetos e propostas com a população.
  Pesquisas – Quanto ao resultado da última pesquisa Ibrape divulgada recentemente e que apontou o senador com 61% das intenções de votos – o dobro do segundo colocado - em sua reeleição, Delcidio disse ter aumentado ainda mais sua responsabilidade e que precisa trabalhar muito mais. “Vou continuar percorrendo todo o Estado, conversando com prefeitos, como tenho feito em Caarapó, assumir compromissos e correr atrás para garantir investimentos para os municípios”, frisou o senador, que ainda observou: “As informações e os números são importantes, deu para ter um retrato muito claro da situação no estado e em cima desses dados nós precisamos afinar o conhecimento e o entendimento das coisas para melhorarmos ainda mais”.
  Apoio em Caarapó – Apesar de o partido do prefeito Mateus Palma de Farias (PR) ter sinalizado apoio à candidatura do governador André Puccinelli (PMDB), o senador disse que espera ter a colaboração de Mateus. “ pedindo voto pra ele [risos], para os vereadores, pro povo de Caarapó em geral. Minha relação com o Mateus já deu grandes resultados para o município e independentemente do lado em que o partido dele estiver, nós somos parceiros e sei que ele vai nos apoiar e influenciar muito no quadro político aqui na região”, falou.
  Serra x Dilma – Quanto às eleições para presidente, Delcidio acha que será uma disputa bastante equilibrada e difícil. “Dilma tem uma experiência grande como Ministra Chefe da Casa Civil, já foi Secretária de Estado, Ministra de Minas e Energia e tem o apoio do presidente Lula, que termina o mandado com aprovação de 78%. Do outro lado o Serra já foi ministro, já foi deputado, senador, prefeito e atualmente governador de São Paulo”, comentou.
  Para o senador a disputa não vai ser fácil, porém, ele acredita no êxito de Dilma Rousseff. “Temos reais condições de vencer as eleições, até pela aceitação do nosso governo, que hoje a população mais do que nunca reflete nas pesquisas, através do presidente Lula. Mas será difícil e temos que ter humildade, não tem essa de já ganhou, pois como diria um amigo meu, pior que o já perdi, é o já ganhou”.
  Apoio de André - Questionado se acredita em um apoio do atual governador André Puccinelli (PMDB) a Dilma Rousseff, o senador respondeu: “O PMDB tem até o dia 30 de junho para decidir e acho que seria bastante razoável esse apoio por parte dele, até porque o presidente Lula tem sido um grande parceiro do André e do PMDB no Mato Grosso do Sul, então acho que seria natural e a população olharia com bons olhos, pois, é uma parceria que deu certo e que com a eleição de Dilma irá continuar."

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE