PUBLICIDADE
Caarapó

Prefeitura de Caarapó intensifica construção de pontes

Uma das visitas aconteceu no córrego Piriquito na região do Boi Jaguá

| ASSESSORIA


A Secretaria de Obras de Caarapó está intensificando a construção das pontes que foram levadas pelas fortes chuvas que atingiram a região no fim do ano passado e no início de 2010. Na tarde da última terça-feira, o secretário de Obras, Roberto José Maitan, visitou dois setores que estão sendo atendidos.
 

  Uma das visitas aconteceu no córrego Piriquito na região do Boi Jaguá (Chicão), onde está sendo colocada uma tubulação de aço galvanizado, em substituição à antiga ponte de madeira. O tubo mede 2,5 metros de diâmetro por 10 m de comprimento em uma estrutura de concreto, que será aterrada.
    A outra visita aconteceu no córrego Saiju, região de mesma denominação, onde estão sendo colocados dois tubos também de aço galvanizado, medindo 2,8 metros de diâmetro por 10 m de comprimento em uma estrutura de concreto, que também será aterrada.
    De acordo com o secretário de Obras, Roberto José Maitan, já foram concluídas as obras na região do Poíque, no córrego de mesma denominação. Ali foi instalado um tubo de aço galvanizado de 1 m de diâmetro por 12 m de comprimento, com construção de estrutura de concreto, aterro e encascalhamento, a exemplo do córrego São Francisco. Já no afluente do córrego Ypuitã foi instalada tubulação dupla de 1 m de diâmetro por 12 m de comprimento, com estrutura de concreto e construção de aterro.
    Maitan informou ainda que a programação da Secretaria de Obras prevê a realização de serviços semelhantes na região do Boi Jaguá (córrego Periquito, nos fundos do Frigorífico Fribarasil – duas tubulações), região do Metifogo (córrego Saverá) e Colônia Paulista ( córrego Engenho Velho). Os serviços têm previsão de início ainda para este mês.
    O secretário disse ainda que o prefeito Mateus Palma de Farias (PR) sempre esteve preocupado com a execução dessas obras, mas acontece que os tubos de aço que estão sendo colocados só existem em uma empresa no Brasil e fica no Rio de Janeiro. “O principal problema do atraso foi este, mas agora já estamos com algumas equipes de serviços e os trabalhos estão rendendo bem”, finalizou.
    Maitan também visitou as obras de recuperação da malha asfáltica na Avenida Presidente Vargas, em frente à Tigre Materiais de Construção. Ali está sendo trocada a base devido ao grande tráfego de veículos pesados. No local estão sendo colocadas pedras numa profundidade de 1 m por 4 de largura.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE