PUBLICIDADE
Caarapó

Caarapó entrega cartões do Bolsa Família

Foi entregue no último dia 23, em Caarapó, os cartões do Programa Bolsa Família. O ato foi realizado na Secretaria Municipal de Ação Social e reuniu 105 famílias beneficiárias.

| ASSESSORIA


 

Foi entregue no último dia 23, em Caarapó, os cartões do Programa Bolsa Família. O ato foi realizado na Secretaria Municipal de Ação Social e reuniu 105 famílias beneficiárias.

O Programa Bolsa Família (PBF) é uma ação do governo federal administrado pelos municípios, e consiste na transferência direta de renda a famílias pobres com renda mensal por pessoa de R$ 60 a R$ 120 e extremamente pobres com ganho mensal por pessoa de até R$ 60.

É pautado na articulação de dimensões essenciais à superação da fome e da pobreza, como a promoção do alívio imediato dessa situação, por meio da transferência direta de renda à família; reforço ao exercício de direitos sociais básicos nas áreas de saúde e educação, por meio do cumprimento das condicionalidades, o que contribui para que as famílias consigam romper o ciclo da pobreza entre gerações.

Uma das exigências do programa é que as famílias se comprometam em manter suas crianças e adolescentes em idade escolar freqüentando a escola e a cumprir os cuidados básicos em saúde; o calendário de vacinação, para as crianças entre zero e seis anos, e a agenda pré e pós-natal para as gestantes e mães em amamentação.

Além do valor recebido por cada família, o município realiza também com os beneficiários o serviço de trabalho social com a realização de palestras e acompanhamentos, que são realizados no Centro de Atendimento a Criança e ao Adolescente, através do Centro de Referência de Assistência Social (Cras).

Em Caarapó, o programa tem cerca de três mil famílias cadastradas, das quais 1,8 mil recebem os benefícios, e é coordenado pelas técnicas Mirian Oliveira Marques e Juliana Monteiro.

Participou da solenidade da solenidade de entrega de cartões o gerente geral da Caixa Econômica Federal de Dourados, João Roberto Figueiredo e o prefeito Mateus Palma de Farias.


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE