PUBLICIDADE
Caarapó

Mais de 4,5 mil pessoas são atendidas pela Ação Global em Caarapó

Évinei informou também que 150 pessoas fizeram aferição de pressão

| ASSESSORIA


A Ação Global realizada no último dia seis, mediante parceria entre a prefeitura de Caarapó e o Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), por meio do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), Superintendência de Mato Grosso do Sul, foi um sucesso. Aproximadamente 4,5 mil pessoas passaram pelo evento, que foi realizado durante todo o dia no Centro de Referência da Assistência Social (CRAS) da Vila Planalto.
 

  De acordo com a secretária de Ação Social, Évinei Arce da Silva Oliveira, com o apoio do MDA e do INCRA foram feitas 25 Carteiras de Identidade, 80 Cadastros de Pessoa Física (CPF), 230 Carteiras de Trabalho - uma ação conjunta dos Centros Integrados de Atendimento ao Trabalhador (CIAT) de Campo Grande e de Caarapó, além de 50 atendimentos do INSS. Um total de 280 pessoas foram atendidas com fotos e 1,5 com cópias de documentos.
    Évinei informou também que 150 pessoas fizeram aferição de pressão, 450 foram atendidas pelo Projeto Maria Maria com cortes de cabelo, escovas e manicure e 120 idosos participaram de atividades do projeto Conviver. O evento teve ainda 320 pessoas envolvidas na Campanha de Erradicação do Trabalho Infantil, 60 jovens participaram de ações do Projovem Adolescente, além de 1,8 mil participaram de atividades realizadas pelo Ônibus Brincalhão, tobogã e torneio da escolinha de vôlei.
    A Ação Global registrou também 480 pedidos de 1ª e 2ª vias para documentos, como CPF, RG e Registro de Nascimento. A administração municipal distribuiu aos presentes 2 mil churros e 4 mil unidades de algodão doce. O evento prestou também informações sobre a dengue e a vacinação H1N1, além de inscrever 45 casais para o casamento civil e cadastramento de várias pessoas interessadas em emprego, através do CIAT de Caarapó.
    A secretária disse que o evento superou as expectativas em todos os sentidos. “Esta ação nos possibilitou receber no CRAS a sociedade caarapoense com muita alegria e respeito, além de oportunizar o cidadão ou cidadã a ter seus documentos, que nada mais é do que um direito seu. Além de conseguirmos fazer outros atendimentos, outro fator importante foi apresentar o CRAS, que é uma porta de entrada de proteção social do município, lugar que garante a informação e a orientação às famílias sobre a rede de serviços socioassistenciais existente em sua área de abrangência”, finalizou.
    Já o prefeito Mateus Palma de Farias (PR) disse que acreditava no potencial do evento, mas não achava que chegasse a tão grande movimento. “Foi muito gratificante o saldo desta Ação Global, daí a importância de se trabalhar em parceria. Podemos ver pessoas com quase 50 anos que, às vezes, por um motivo ou outro, não tinham um documento sequer, e com este trabalho a pessoa saiu de lá com a certeza de que a partir de agora ela terá seus documentos e consequentemente mais valorizada e respeitada”, disse.
    A Ação Global teve o apoio das secretarias de Ação Social, de Educação e Esportes, de Desenvolvimento Econômico, de Saúde, de Administração e Finanças e de Obras e Serviços, além da participação dos estagiários do período noturno do curso de Enfermagem do Centro Universitário da Grande Dourados (Unigran).  

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE