PUBLICIDADE
Caarapó

Caarapoense é preso com 22 kg de crack no Paraná

Caarapoense é preso com droga, após sofrer acidente com veículo no estado do Paraná.

| JM NEWS


 

Na manhã da última segunda-feira (26), o atendimento a um acidente, colisão do veículo Celta contra uma árvore, na PR-441, entre Reserva e Caetano Mendes, levou a Polícia Rodoviária Estadual do Paraná à prisão de um traficante.

O condutor, Odilon Delgado, de 47 anos, disse que vinha de Caarapó, no Mato Grosso do Sul e tinha como destino Curitiba. Receberia R$ 3 mil pelo transporte da droga que seria despachada no viaduto que liga as rodovias BR-116 e 376. Ele se perdeu na curva, próximo a Imbaú, e acabou colidindo o veículo. Demonstrou nervosismo com a presença dos policiais e o recolhimento do veículo ao pátio do Posto da Polícia Rodoviária Estadual de Imbaú.

A partir das desconfianças, em vistorias minuciosas no carro os policiais localizaram 22 quilos de crack, embalados em papel celofane. O entorpecente estava escondido no interior da forração, revestimentos laterais, da parte traseira do veículo. A droga renderia 66 mil pedras para a venda e consumo final. O preso foi encaminhado à Delegacia da Polícia Federal de Guarapuava, no início da noite de ontem, onde ocorre a lavratura do flagrante. De acordo com o capitão Edmauro Assunção, comandante da 5ª Companhia da Polícia Rodoviária Estadual, a apreensão está entre as maiores já realizadas na Região dos Campos Gerais e no Paraná.

 “No início de outubro interceptamos uma carga de pouco mais de oito quilos da droga”. De acordo com ele, os 22 quilos de crack renderiam, aos traficantes mais de R$ 660 mil. “O crack é a droga mais devastadora e difícil de ser apreendida, ainda mais em grandes quantidades e misturada com impurezas, essa droga renderia ainda mais aos traficantes”. (GW)


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE