PUBLICIDADE
Caarapó

Motorista curioso causa acidente na BR-163; são quatro em 15h no mesmo trecho

O motorista do caminhão teve que fazer uma freada brusca para não bater na traseira do Gol

| DOURADOSINFORMA


O motorista de um veículo Gol que parou na pista para ver o ônibus da Viação Nova Integração que tombou na madrugada de hoje na BR-163 entre Caarapó e Dourados acabou provocando um acidente com um caminhão que vinha logo atrás.


O motorista do caminhão teve que fazer uma freada brusca e para não bater na traseira do Gol, que tinha outras pessoas dentro, ele saiu para o acostamento descendo o barranco e levando um grande susto. O motorista do Gol evadiu-se.


Isso aconteceu por volta de 11h. Pouco depois, nas proximidades do Posto da Capela, no mesmo trecho, a cerca de 5 km do local onde o caminhão desceu o barranco, em direção a Dourados, um outro acidente de menor proporção por pouco não causa uma tragédia.


Segundo a PRF seguia pelo local um caminhão, um ônibus de estudantes de Caarapó da Trans Edivan e um automóvel Vectra. O caminhão reduziu a velocidade, obrigando os demais a fazer o mesmo. Atrás do Vectra vinha um bi-trem que não notou a redução da velocidade, freou, bateu na traseira do veículo e saiu para a pista contrária dando de frente com uma caminhonete cujo motorista desviou-se para o acostamento.


O motorista do bi-trem ainda chegou a arrancar o retrovisor do caminhão que havia reduzido a velocidade. A PRF disse que houve um pequeno engavetamento, mas ninguém se machucou, apesar do perigo e dos danos materiais.


Curiosidade


Já o acidente em que o caminhão Cargo vermelho de Corbélia (PR) desceu o barranco aconteceu a 30 metros do ônibus tombado.
 



O proprietário do caminhão que estava junto com o motorista comentou que passou um grande susto e ficou assustado. “(...) Na hora a gente não sabe o que fazer (...)”, disse ao douradosinforma. Ele não quis se identificar.
 

Ele alertou que é preciso conscientizar o condutor de veículo pequeno de como é diferente dirigir um caminhão. “(...) Eles normalmente não sabem o que é conduzir um caminhão (...)”. O acidente aconteceu justamente por causa da curiosidade do motorista do Gol e das pessoas dentro do automóvel em ver o ônibus sem notar que atrás vinha o caminhão que, por sorte, estava vazio e conseguiu reduzir mais rapidamente a velocidade.


Foram quatro acidentes em aproximadamente 15 horas no mesmo trecho que tem se mostrado o mais perigoso da região por fazer a ligação de MS com o Estado do PR e ser muito usado por carretas.
 

O primeiro aconteceu ontem no início da noite com um ônibus do Expresso Queiroz com 13 passageiros.
 

Além disso, próximo a Dourados, estão fazendo a duplicação da pista e há muitas máquinas trabalhando.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE