PUBLICIDADE
Caarapó

Toma posse o novo Conselho dos Direitos da Criança de Cpó

Tomaram posse em Caarapó, em solenidade realizada na manhã da última terça-feira, os membros do Conselho Municipal dos Direitos da Criança

| ASSESSORIA


 

Tomaram posse em Caarapó, em solenidade realizada na manhã da última terça-feira, no gabinete do prefeito, os membros do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, nomeados pelo Decreto Municipal n° 065/2007, de 31 de outubro de 2007. O ato obedece aos preceitos da Lei Municipal n° 572/97, de 13 de outubro de 1997, que versa sobre a política municipal dos direitos da criança e do adolescente de Caarapó.

Foram empossados 18 membros, entre titulares e suplentes, que representam o Poder Público e organizações não-governamentais sem fins lucrativos do município, indicados pelo fórum das entidades, para o período outubro de 2007 a setembro de 2009.

Como representantes do Poder Executivo municipal, tomaram posse como titulares: Évinei Arce da Silva Oliveira, Fabiane Piloto Benito, Rosângela de Oliveira Ramos Baratela e Ricardo Candado. Suplentes: Sandra da Silva Santos, Michelli Duarte Valério, Luciene Vieira Cavalheiri e Viviane Pinheiro Solovioff.

Foram empossados, como representantes das organizações não-governamentais, os titulares Maria Aparecida Frenhan (Pastoral da Criança), Valberto Ferreira Costa (Centro de Educação “Marie Ariane” - CEMA), Venâncio Monteiro (Guarda Mirim) e Andréia Becker (APAE) e os suplentes Ana Paula de Freitas (Pastoral da Criança), Mário Duran Leitão (CEMA), Elvis Soares de Lima (Guarda Mirim) e José Antônio da Silva (APAE).

A secretária municipal de Ação Social, Ivete Gilda de Paula Gimenes, chamou a atenção dos conselheiros no sentido de “promover ações conjuntas de atenção à criança e ao adolescente de Caarapó”, estabelecendo parcerias entre a Secretaria de Ação Social e o conselho.

O prefeito Mateus Palma de Farias (PR), após empossar solenemente os conselheiros, disse que aos membros do conselho cabe a articulação de políticas de proteção às crianças e adolescentes na esfera municipal, em harmonia com o Poder Público. “Quero desejar uma boa gestão a todos nessa tarefa de atenção às crianças e adolescentes de Caarapó”, concluiu.


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE