PUBLICIDADE
Caarapó

Conviver de Caarapó participa de jogos em Dourados

Foram disputados jogos de vôlei da terceira idade nas modalidades masculina e feminina

| ASSESSORIA


Uma equipe do Projeto Conviverde Caarapó participou recentemente de atividades esportivas em Dourados. O evento aconteceu no último dia  13 no Complexo Esportivo, Cultural e de Lazer Jorge Antônio Salomão (Jorjão). Foram disputados jogos de vôlei da terceira idade nas modalidades masculina e feminina entre os integrantes das duas cidades.
 

De acordo com a coordenadora do Projeto Conviver, Germana Cássia Gomes Klein,  na ocasião as equipes do Projeto Conviver de Caarapó venceram todas as disputas. “No encerramento das atividades o que prevaleceu foi um clima de integralização entre as equipes dos dois municípios, com uma grande confraternização, roda de viola e dança de salão. O amistoso foi uma grande oportunidade de socialização, promoção da qualidade de vida e valorização do idoso”, falou.  
  Para a psicóloga Juliana Monteiro, mais do que um evento esportivo, atividades como estas proporcionam o bem-estar emocional, o resgate da auto-estima, da motivação e da capacidade de realização do sujeito.
  Segundo a Secretária de Ação Social Évinei Arce da Silva Oliveira que esteve presente no evento, o município de Caarapó tem promovido não apenas momentos de lazer e comemorações, mas atividades que priorizam a discussão das políticas públicas em favor da terceira idade.
  O projeto Conviver de Caarapó está referenciado ao Centro de Referência da Assistência Social (CRAS) e possui várias ações sócio-educativas e atividades preventivas direcionadas à garantia dos direitos dos idosos e ao acesso às demais políticas públicas deste segmento.
  O projeto tem como objetivo desenvolver estratégias voltadas para o restabelecimento e/ou manutenção do equilíbrio psicossocial da pessoa idosa, mediante serviços articulados com órgãos públicos, sociedade civil e organizações representativas população idosa.
  O grupo de convivência do projeto funciona no CRAS I e acontece todas as terças-feiras a partir das 13h30 atendendo em média 180 idosos.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE