PUBLICIDADE
Caarapó

Caarapó discute participação na Caravana Mais Alimentos no MS

A reunião em Caarapó aconteceu no prédio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico

| ASSESSORIA


A prefeitura de Caarapó, através da  Secretaria de Desenvolvimento Econômico e por meio da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Agrário da Produção, da Indústria, do Comércio e do Turismo (Seprotur), realizou uma reunião para discutir a participação do município na “Caravana Mais Alimentos no MS”, que acontecerá em Dourados no próximo dia 31. O evento será realizado das 7 às 17h no Parque de Exposições João Humberto de Carvalho.
 

A reunião em Caarapó aconteceu no prédio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e contou com a presença do secretário da pasta, Carlos Martins, do técnico da Seprotur, Luis Carlos Morente, do gerente da Agência do Banco do Brasil de Caarapó, Orlei Paulo Dias, do técnico da Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural (Agraer), de Caarapó, Eurivaldo Borges Ferreira, além  do representante do Sindicato Rural de Caarapó, Odilon Bandeira Duarte e do vice presidente da Associação Municipal de Desenvolvimento Rural de Caarapó (AMDR), Osvaldi Rodrigues de Souza. 
 

A Caravana Mais Alimentos tem o objetivo de reunir o maior número possível de agricultores familiares que possuam a Declaração de Adaptação ao Pronaf (DAP), no sentido de ganhar forças, fortalecer a ação visando acima de tudo o aumento no número de contratos no Estado.
 

Segundo informações do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), o Pronaf Mais Alimentos destina recursos  para investimentos em infraestrutura da propriedade rural e, assim, cria as condições necessárias para o aumento da produção e da produtividade da agricultura familiar. O limite de crédito é de R$ 100 mil, que podem ser pagos em até dez anos, com até três anos de carência e juro de 2% ao ano.
 

O Mais Alimentos é uma ação estruturante que permite ao agricultor familiar investir em modernização e aquisição de máquinas e de novos equipamentos, correção e recuperação de solos, resfriadores de leite, melhoria genética, irrigação, implantação de pomares e estufas e armazenagem. Esta linha de financiamento contempla também projetos associados à apicultura, aquicultura, avicultura, bovinocultura de corte, bovinocultura de leite, caprinocultura, fruticultura, olericultura, ovinocultura, pesca e suinocultura e a produção de açafrão, arroz, centeio, feijão, mandioca, milho, sorgo e trigo.
 

Para o secretário de Desenvolimento Econômico de Caarapó, Carlos Martins, a participação do município caarapoense no evento  será de extrema importância para o fortalecimento da classe produtora. “Um dos principais problemas que os nossos produtores rurais tem hoje, ainda é a falta de conhecimento das políticas públicas que o Governo oferece. Lá os participantes poderão conhecer de perto os  programas e os produtos oferecidos. Outro fator importante é que com a adesão de nossos produtores a agricultura familiar será fomentada, o que sifnifica mais dinheiro gerado e aplicado no próprio município”, disse.
 

Segundo o técnico da  Seprotur, Luis Carlos Morente, a Caravana Mais Alimentos tem o objetivo de sensibilizar e conscientizar as lideranças políticas sobre a importância do programa. Lá haverá também uma exposição de  máquinas, equipamentos, tratores e caminhões, além de informações que venham facilitar o acesso ao crédito rural do Programa Mais Alimentos.
 

Morente disse ainda que além de Dourados estão  previstas  mais duas caravanas, sendo uma em Ivinhema no próximo dia dois no Parque de Exposições Lídia Calabreta e em Campo Grande no dia quatro no Parque de Exposições Laucídio Coelho. Na capital o evento terá a participação do Governo André Puccinelli (PMDB) e do ministro do MDA, Guilherme Cassel.
 


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE