PUBLICIDADE
Geral

Prefeito não cumpre promessa e vira refém de índios

| CAMPO GRANDENEWS


Desde às 8 horas da manhã desta quinta-feira, o prefeito de Dois Irmãos do Buriti, Wlademir Volk - conhecido como Japão, é refém de índios terena da aldeia Buriti.


Cerca de 100 indígenas chegaram à prefeitura na abertura do expediente, e fecharam o prédio, mantendo presos mais de 50 servidores.


Quando o prefeito chegou, foi levado andando até a sede do PETI (Programa de Erradicação do Trabalho Infantil), por ser um local maior. Nas mãos, uma das lideranças exibia jornal com reportagem sobre o anúncio de verbas para a aldeia.


Segundo a Funai, em Campo Grande, os terena reclamam que tiveram a promessa de repasse de recursos no Dia do Índio, que ainda não chegaram às famílias.


Neste momento, o grupo está reunido com o prefeito e com o secretário de Saúde do município.


A assessoria da prefeitura nega que tenha retido repasse à aldeia, garante que R$ 30 mil foram entregues á comunidade.


Depois de renderem o prefeito, os índios liberaram os funcionários da prefeitura, e a Polícia Militar faz agora a segurança no local.


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE