PUBLICIDADE
cutucada

Mourão diz que Moraes é parcial e defende reação de Bolsonaro

Bolsonaro apresentou uma notícia-crime no STF e pediu que Moraes fosse investigado por abuso de autoridade

| JOVEM PAN


Mourão saiu em defesa do presidente Bolsonaro. Foto: EFE/ Joédson Alves

O vice-presidente Hamilton Mourão chamou nesta sexta-feira, 20, o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes de “parcial” e defendeu as ações do presidente Jair Bolsonaro (PL) contra o magistrado. “Acho que o presidente está usando as armas que a justiça lhe dá. Uma vez que você considera que um magistrado está agindo parcialmente em relação à sua pessoa, você tem essas armas para utilizar”, declarou a jornalistas no Palácio do Planalto. “Eu considero [parcial]. Acho que está havendo uma certa disruptura nisso aí, né? Então eu concordo que o presidente utilizou os instrumentos que tinha à disposição”, acrescentou.

Bolsonaro apresentou uma notícia-crime no STF e pediu que Moraes fosse investigado por abuso de autoridade. A ação foi rejeitada pelo ministro Dias Toffoli. Após a negativa, o chefe do Executivo acionou a Procuradoria-Geral da República (PGR). Mourão, no entanto, não acredita que a ação prospere. “Depende do que o procurador Aras vai julgar a esse respeito. Supremo já mandou de volta, acho difícil que prospere”, opinou. O vice-presidente também afirmou que a medida “faz parte do jogo político”.


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE