PUBLICIDADE
pelo mundo

Parlamento russo considera permitir pessoas acima de 40 anos nas Forças Armadas

Atualmente, apenas russos de 18 a 40 anos e estrangeiros de 18 a 30 anos podemm assinar um primeiro contrato com os militares

| CNN BRASIL


Membros de forças pró-Rússia aguardam pela retirada de soldados ucranianos feridos de usina siderúrgica de Azovstal, em Mariupol, sentados em cima de veículo blindado 16/05/2022. Foto: REUTERS/Alexander Ermochenko

Em um sinal da necessidade urgente da Rússia de reforçar seu esforço de guerra na Ucrânia, o Parlamento do país disse nesta sexta-feira (20) que vai considerar um projeto de lei para permitir que russos com mais de 40 anos e estrangeiros com mais de 30 se alistem nas Forças Armadas.

Aa Duma Federal, a câmara baixa do parlamento russo, disse que a medida permitirá que os militares utilizem as habilidades de profissionais mais velhos.

“Para o uso de armas de alta precisão, a operação de armas e equipamentos militares, são necessários especialistas altamente profissionais. A experiência mostra que eles chegam neste nível aos 40-45 anos”, afirmou.

Atualmente, apenas russos de 18 a 40 anos e estrangeiros de 18 a 30 anos podemm assinar um primeiro contrato com os militares.

A Rússia sofreu grandes fracassos e perdas de homens e equipamentos na guerra com a Ucrânia, que já dura quase três meses, levando analistas militares ocidentais a avaliarem que o país precisa urgentemente mobilizar mais soldados.

A Duma disse que a iniciativa planejada também facilitaria o recrutamento de médicos civis, engenheiros e especialistas em operações e comunicações.


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE