PUBLICIDADE
Decisão

Comercial x Naviraiense: tradição tenta superar nova força em final

| MIDIAMAX


Naviraiense e Comercial fazem hoje (30), às 15h, a primeira partida pela final do Campeonato Sul-Mato-Grossense de futebol, no estádio Virotão em Naviraí. A partida marca o duelo entre a tradição do futebol do Estado, representada pelo Comercial, que foi fundado em 1943, contra a equipe de Naviraí que, desde o seu nascimento há 5 anos, vem se destacando com uma nova força do futebol de MS.

O Naviraiense se classificou para a final após vencer o Chapadão do Sul por 4 a 0, na primeira semifinal no último dia 16 de maio em Naviraí.

No segundo jogo, o Naviraiense, mesmo tendo perdido por 1 a 0 – não existe vantagem de gols marcados nas decisões do Estadual deste ano --, para o Chapadão do Sul, a partida foi para os pênaltis e o Jacaré do Conesul, venceu e alcançou novamente uma vaga para a Copa do Brasil e final do Estadual.

Já o Comercial, na semifinal passou pelo Itaporã com os resultados de 1 a 0, em partida realizada dia 15 de maio no Morenão em Campo Grande.

Posteriormente o Colorado da Capital, se classificou com o placar de 0 a 0 diante do Itaporã no último domingo (23), no estádio Chavinha em Itaporã. Com isso o Saci da Vila garantiu uma vaga para a Copa do Brasil e para a final do Sul-Mato-Grossense.

Pontuação

Na primeira fase o Naviraiense ficou invicto, conquistou 38 pontos em 16 jogos. Teve 11 vitórias, 5 empates e classificou-se em primeiro do grupo A -- o campeonato teve o grupo A e B.

Também nesta fase, o Comercial passou para a segunda fase como 3° colocado do grupo B. Obteve 28 pontos em 16 jogos, com 8 vitórias, 4 empates e 4 derrotas.

Naviraiense e Comercial, mais uma final

Em 2007 as duas equipes decidiram a final da série B, o primeiro jogo, no Morenão ficou 2 a 2. Já na final decisiva o Naviraiense levou a melhor e foi campeão com uma vitória de 2 a 1.

Títulos

O Naviraiense possui um título Estadual, o time é o atual campeão, levou a taça em 2009. O Comercial é o segundo maior campeão do Estado -- só perde para o Operário que tem 10 --, detém os campeonatos dos anos de 82, 85, 87, 93, 94, 2000 e 2001, somando 7.


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE