PUBLICIDADE
Água Clara

'Não aguentava mais ser humilhado', disse assassino de peão ao ser preso

Uma faca de cabo branco, usada para matar o peão, foi localizada em uma bolsa e apreendida

| CAMPO GRANDE NEWS


Assassino confesso não teve identidade revelada (Foto: BNC Notícias)

Preso em flagrante e assassino confesso, o homem que matou o peão Alan Eviley da Costa Campos, em uma fazenda na na região de Água Clara, contou à polícia que matou Alan porque "não aguentava mais ser humilhado".

De acordo com o boletim de ocorrência, os dois trabalhavam juntos e tinham problemas de convivência, mas o autor do crime não deu muitos detalhes sobre quais seriam os atritos entre ele e a vítima.

O corpo de Alan foi encontrado, com várias perfurações na região da barriga, no curral da propriedade, localizada a cerca de 40 km da área urbana. Uma faca de cabo branco, usada para matar o peão, foi localizada em uma bolsa e apreendida.

Além da Polícia Civil e da perícia, policiais militares também estiveram na fazenda onde ocorreu o crime. O caso foi registrado como homicídio qualificado por motivo fútil. 


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE