PUBLICIDADE
cantora gospel

Bruna Karla recebe críticas por comentários homofóbicos

| ISTO É GENTE


(Crédito: Reprodução/Instagram)

Bruna Karla virou alvo de críticas na internet na última quarta-feira (16) por uma série de comentários homofóbicos feitos por ela em uma entrevista de 2021. Em conversa com Karina Bacchi, a cantora gospel fez declarações ofensivas sobre o casamento entre pessoas do mesmo sexo.

Nas redes sociais, artistas e celebridades criticaram o discurso homofóbico da cantora, entre eles os cantores Lucas Silveira e Fernando Badauí, o economista e ex-BBB Gil do Vigor, as cantoras Day Limns e Valesca Popozuda e a ex-BBB Ana Paula Renault.

Na entrevista, Bruna disse: “Teve um amigo que me perguntou: ‘Bruna, quando eu me casar, você vai no meu casamento?’ e eu olhei para ele, fui bem sincera e disse: ‘Ah, quando você se casar com uma mulher linda e cheia do poder de Deus, eu vou, sim'”.

“E ele falou assim: ‘Você sabe que não é isso que eu tô perguntando’. Estou falando de um amigo, homossexual, que a gente tem essa liberdade. E eu falei que o dia que eu aceitar cantar no seu casamento com outro homem, eu posso parar de cantar sobre a Bíblia e sobre Jesus.”

Ainda na entrevista do fim do ano passado, Bruna comentou. “Aos meus amigos, meus ouvintes homossexuais, o que Deus tem pra sua vida é libertação, algo que ele sonhou pra você. Então receba todo o meu amor, meu respeito, porque Jesus não sonhou isso pra você”.

A cantora disse ainda que esse é um “caminho de morte de eterna”, “inferno” e “condenação eterna”.


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE