PUBLICIDADE
Caarapó

Prefeitura de Caarapó contrata médica especialista em pediatria e reforça atendimento na rede municipal de saúde

| CAARAPONEWS


Prefeito André Nezzi cumprimenta a nova médica contratada pela prefeitura para atuar na área pediátrica. Foto: Divulgação

Já está atendendo no PAM a mais nova médica contratada pela prefeitura de Caarapó para reforçar o atendimento infantil na rede municipal de saúde. Trata-se da médica Gladis Marques de Vasconcelos Leon, especialista em Pediatria, Nutrologia e Medicina Intensiva, que começou a atender no município no dia 9 deste mês. A profissional também fará atendimentos do Hospital São Mateus.

Com a inserção da médica recém-contratada no quadro no quadro de profissionais da Secretaria Municipal de Saúde, a rede local passa a ter 22 profissionais na área médica. Também foram convocados outros três médicos aprovados em concurso: um pediatra e dois clínicos gerais.

Recentemente, em vistoria ao PAM, o prefeito André Nezzi visitou a médica Gladis Leon, a fim de lhe dar as “boas-vindas” ao quadro de profissionais da prefeitura. “Ela é o novo reforço da nossa equipe para atender as demandas do SUS, especialmente na atenção às nossas crianças”, disse o dirigente na oportunidade.

Cartão da Criança

O secretário municipal de Saúde de Caarapó informou que a prefeitura confeccionou, com recursos próprios, o denominado ‘Cartão da Criança’, que, entre outros dados, contém informações sobre o nascimento e crescimento das crianças no âmbito do município. “A responsabilidade pela confecção e distribuição desse documento é do Ministério da Saúde. Porém, os municípios estão há mais de quatro meses sem receber os cartões, e fomos informados que o processo de aquisição dos cartões pelo ministério foi fracassado”, disse Vinício de Faria e Andrade, justificando que, “para não perder as informações que devem constar do cartão, a Secretaria de Saúde assumiu a produção do documento”.

Os cartões foram distribuídos para o hospital local para serem entregues às famílias dos recém-nascidos e também serão distribuídos para as unidades de saúde com o mesmo objetivo.


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE