PUBLICIDADE
eleições 2022

Mandetta confirma pré-candidatura ao Senado por MS neste ano

| G1 MS


O ministro da Saúde, Henrique Mandetta — Foto: Ueslei Marcelino/Reuters

O ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta confirmou ao g1 nesta terça-feira (21) que é pré-candidato ao Senado, por Mato Grosso do Sul, nas eleições deste ano. O médico deve sair como nome pelo União Brasil.

"Sempre foi, é e será. Vamos vencer!", disse Mandetta ao ser questionado sobre a pré-candidatura.
Mato Grosso do Sul deve ter na disputa pela vaga ao Senado dois ex-ministros. Agora com o nome de Mandetta nas prévias, Tereza Cristina, ex-ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento também é nome cotado como pré-candidata ao Senado, pelo Partido Progressista (PP).

Quem é Mandetta?
Ex-deputado federal, Mandetta estave à frente do Ministério da Saúde desde o início do governo Bolsonaro, em janeiro de 2019, e ganhou maior visibilidade com a crise provocada pelo novo coronavírus. Mandetta foi demitido em abril de 2020.
Médico de formação, Mandetta era deputado em final de mandato. Ele não tentou a reeleição em 2018. Foi o terceiro ministro filiado ao DEM anunciado por Bolsonaro – Tereza Cristina (Agricultura) e Onyx Lorenzoni (Casa Civil à época) eram os outros, há época.
Natural de Campo Grande, o ex-ministro seguiu a profissão do pai, o médico Hélio Mandetta. Cursou medicina na Universidade Gama Filho, no Rio de Janeiro, fez residência em ortopedia na Universidade Federal do Mato Grosso do Sul e uma especialização em ortopedia em Atlanta (EUA).
Em Mato Grosso do Sul, Mandetta foi dirigente de plano de saúde e secretário municipal. Ele presidiu a Unimed de Campo Grande entre 2001 e 2004 e, ao encerrar sua gestão, assumiu a secretaria de Saúde de Campo Grande.


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE