PUBLICIDADE
ponta porã

Brasileiro é perseguido por pistoleiros e executado na fronteira

Durante a fuga, o carro caiu em uma valeta de água da chuva em frente a um posto de combustíveis, já em Pedro Juan Caballero

| CAMPO GRANDE NEWS


Perito colhe material em carro que era usado por brasileiro morto hoje (Foto: Marciano Candia/Última Hora)

O brasileiro Andrey Lucas Saucedo Gimenez, 28, foi executado a tiros de pistola 9 milímetros na tarde desta sexta-feira (1º) na linha internacional entre Ponta Porã (a 313 km de Campo Grande) e Pedro Juan Caballero, no Paraguai.

Motorista de aplicativo, Andrey circulava em um Fox vermelho pela BR-463, próximo ao aeroporto internacional de Ponta Porã, quando foi atacado pelos pistoleiros.

Ele tentou fugir para o lado paraguaio, mas foi perseguido e alvejado com vários tiros. Durante a fuga, o carro caiu em uma valeta de água da chuva em frente a um posto de combustíveis, já em Pedro Juan Caballero. Pelo menos 14 tiros foram disparados pelos criminosos. Andrey morreu dentro do carro.

No sistema de consulta processual do TJMS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul) aparece apenas um processo contra Andrey Gimenes, por desacato. 


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE