PUBLICIDADE
Em posse

Nova presidente diz que quer tornar a Caixa a “mãe das causas das mulheres”

Ela integra o governo federal desde 2019, quando foi nomeada como chefe da Assessoria Especial de Assuntos Estratégicos do ministro Paulo Guedes

| CNN BRASIL


Daniella Marques, nova presidente da Caixa. Foto: Reprodução/CNN

Em discurso de posse, a economista Daniella Marques disse nesta terça-feira (5) que chega ao comando da Caixa Econômica Federal para “escrever um novo capítulo” e que pretende melhorar o ambiente interno do banco estatal.

A economista chega ao cargo após seu antecessor, Pedro Guimarães, ter pedido demissão no âmbito de denúncias de assédio sexual contra funcionárias da instituição bancária.

“Eu faço meu compromisso de que todas as providências necessárias serão tomadas, que eu tenho apoio total para que tudo seja apurado e esclarecido”, afirmou, segundo vídeo obtido pela CNN.

A nova presidente disse ainda que há “inúmeras barreiras visíveis e invisíveis impostas às mulheres” no mercado de trabalho e quer transformar o banco estatal na “mãe das causas das mulheres”.

“O compromisso que assumo hoje é que vamos garantir o melhor ambiente que possamos”, afirmou. “A nossa ampla rede de atendimento vai ajudar a efetivar políticas que abordem a divulgação de canais de denúncia, denúncia de violência doméstica e de combate a qualquer tipo de assédio”, acrescentou.

A economista lembrou que, hoje no país, uma em cada quatro mulheres é vítima de violência doméstica e ressaltou que o banco estatal vai ajudar às mulheres tanto a fazer denúncias como a obterem liberdade financeira.

A economista até então ocupava o cargo de secretária especial de Produtividade e Competitividade do Ministério da Economia, para o qual foi indicada em 2 de fevereiro de 2022.

Ela integra o governo federal desde 2019, quando foi nomeada como chefe da Assessoria Especial de Assuntos Estratégicos do ministro Paulo Guedes.

Ela é formada em administração pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-RJ) e possui um MBA – modalidade de pós-graduação – em finanças pelo Instituto Brasileiro de Mercado de Capitais (Ibmec).

Segundo o Ministério da Economia, ela atuou por 20 anos no mercado financeiro, na área de gestão independente de fundos de investimentos. Marques também foi sócia-fundadora e diretora de fundos de investimento.


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE