PUBLICIDADE
reforço

Alan Kardec projeta data de estreia no Atlético-MG e mira vaga entre '11 iniciais'

| GLOBO ESPORTE


Atlético-MG apresenta Alan Kardec — Foto: Bruno Sousa / Atlético-MG

Alan Kardec espera estar à disposição do técnico Antonio Mohamed no próximo dia 21, quando o Atlético-MG enfrenta o Cuiabá, fora de casa, pelo Campeonato Brasileiro. É o primeiro jogo do Galo após a abertura da janela de transferências, dia 18. Ele assinou contrato até o fim de 2024.

Desde as negociações, o atacante e o clube planejaram como seria a preparação do atacante para que ele pudesse estrear assim que seu contrato fosse regularizado na CBF. Isso, porque o jogador não atua desde 1º de janeiro. Kardec vem treinando há uma semana no Galo.
- Tudo foi pensado nos mínimos detalhes, desde o primeiro contato. Já tem mais ou menos uma semana que eu estou treinando, tenho mais de dez treinos acumulados.

“Até o dia que eu possa estrear, que é no dia 21, contra o Cuiabá, teremos algumas semanas de preparação. A tendência é que nesse período seja feita a minha pré-temporada. Temos que pensar um dia por vez. A evolução tem sido acima da expectativa, na parte física e técnica.”

Revelado no Vasco e com passagens por Internacional, Santos, Palmeiras e São Paulo, Alan Kardec estava sem clube desde que deixou o Shenzhen FC, da China, em abril. Decidiu deixar o clube por enfrentar problemas com falta de pagamento. Volta ao futebol brasileiro após seis anos na China. Ao todo, marcou 69 gols em 127 jogos.
Aos 33 anos, chega ao Atlético com pensamento de buscar vaga no time, mesmo sabendo da grande concorrência. A maratona de jogos, de certa maneira, poderá ajudar para conquistar espaço.
- Como atleta profissional, sempre almejo estar entre os 11 iniciais, porque a palavra titular hoje em dia, em relação ao número de partidas que temos, é impossível você conseguir manter 11 jogadores durante quatro, cinco, seis partidas.

Magnífico
Alan Kardec já esteve no Mineirão, mas como “torcedor”. Viu, por exemplo, o Galo vencer o Fortaleza em uma virada incrível, por 3 a 2. Ratificou a imagem que tinha da torcida, agora uma aliada.
- Não é surpresa, porque, todas as vezes que joguei contra o Galo, eu sofria bastante. Poder ter a favor é magnífico, incrível.
Além de Kardec, o Atlético contratou o zagueiro Jemerson e os atacantes Pedrinho e Pavón. Todos aguardam a abertura da janela de transferências para serem inscritos.


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE