PUBLICIDADE
Caarapó

Filho de policial mata jovem com tiro acidental em festa

| CAMPO GRANDE NEWS


Durante uma confraternização ocorrida na noite de ontem em uma residência na rua Aimoré, na Vila Piratininga, em Campo Grande, o jovem Ítalo Marcelo de Brito Nogueira, 27, foi baleado na barriga com um tiro acidental desferido por uma espingarda de calibre 12, manuseada por Guilherme Henrique Santana de Andrea, 22.   
 

 A vítima morreu no local. Conforme informações policiais, no local acontecia uma confraternização entre parentes e amigos. Guilherme e seu pai, o policial civil da Denar (Delegacia Especializada de Repressão ao Narcotráfico), Pedro Waldemir de Andrea, participavam da festa. Guilherme teria ido até a viatura descaracterizada Blazer, de cor branca, placas HTG-9171, pegar a espingarda.   
 

Ele retornou à casa, quando começou a brincar com a arma. Ítalo se aproximou de Guilherme e os dois começaram a manusear a espingarda, quando aconteceu o disparo que atingiu o examinador do Detran (Departamento Estadual de Trânsito). Após o incidente, todas as pessoas que estavam na festa se deslocaram até a varanda e prestaram socorro a Ítalo. Guilherme, de acordo com a PM (Polícia Militar), largou a arma e saiu da casa tomando rumo ignorado, enquanto seu pai permaneceu no local tentando socorrer a vítima.    
 

Uma viatura do Samu (Serviço de Atendimento Médico de Urgência) foi até a residência, mas Ítalo já tinha morrido. A arma foi guardada na viatura pelo policial. A residência foi preservada pela polícia até a chegada da Perícia Técnica. Em seguida um boletim de ocorrência foi registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário). O corpo de Ítalo foi encaminhado ao IML (Instituto Médico Legal) pela Funerária Pró-Vida.


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE