PUBLICIDADE
Caarapó

Celso Roth deixa Vasco e acerta com o Internacional

| JB ONLINE


O Internacional anunciou, no final da tarde deste sábado, Celso Roth, que estava no Vasco, como seu novo treinador. O comunicado foi feito através do sistema de envio de notícias pelo celular oficial do clube, conforme divulgado pela assessoria de imprensa. É a primeira vez que uma equipe, no Rio Grande do Sul, usa o recurso para anunciar um novo técnico.

Roth comandou o clube cruzmaltino durante apenas 25 dias, por cinco jogos no Campeonato Brasileiro, abandonando a equipe na antepenúltima colocação. Foram três derrotas, um empate e uma vitória. O presidente do time carioca, Roberto Dinamite, se recusou a comentar a informação. Mesmo tendo sido confirmado pelo site oficial do Internacional, o acerto foi negado pelo mandatário, que pediu uma declaração de algum dirigente do Internacional.

Perplexo, o diretor executivo Rodrigo Caetano entrou em reunião urgente com Dinamite na sua casa na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio. Em seu site oficial, o Vasco diz não ter definição sobre um treinador substituto.

Roth assumirá o Internacional acompanhado do seu auxiliar técnico Humberto Ferreira. Os preparadores físicos Fábio Mahseredjian, Flávio Soares e Élio Carravetta e o preparador de goleiro Clemer permanecerão na comissão técnica da equipe gaúcha.

A apresentação oficial no Beira-Rio será na próxima terça-feira (15/6), em horário a ser definido. O Inter volta aos trabalhos no dia 18 de junho, quando o grupo de jogadores se reapresenta para a intertemporada de treinos.

Será a quarta passagem do técnico no clube gaúcho. Entre 1993 e 1994, após algumas experiências na Ásia, Roth, que começou a carreira como preparador físico, conseguiu o seu primeiro emprego como treinador no Brasil comandando o time sub-21 do Internacional.

Celso Roth retornou em 1996 e permaneceu até 1998. Nessa passagem, conquistou o título gaúcho de 1997 e estava à frente da equipe em uma vitória de 5x2 em um Gre-Nal no Estádio Olímpico.

Em 2002, já com Fernando Carvalho na presidência, voltou para um período de apenas quatro meses no comando do clube, que corria risco de rebaixamento no Campeonato Brasileiro daquele ano.

Gaúcho de Caxias do Sul, Roth foi técnico do rival Grêmio em três passagens.


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE