PUBLICIDADE
Caarapó

Galvão Bueno se diverte com o movimento que ganhou a internet

| GLOBO ESPORTE


O locutor Galvão Bueno conversou nesta terça-feira, no Central da Copa, com o apresentador Tiago Leifert e se divertiu muito com uma corrente que está circulando na internet, a "Cala boca, Galvão!". E o narrador falou com bom humor sobre o caso.


"Estou nessa campanha. Tenho um amigo que deve estar morrendo de rir onde quer que ele esteja. O Ayrton Senna. Como ele tinha as orelhas muito grandes, eu o apelidei de Dumbo. E, como eu falo muito, ele me chamava de papagaio. Por isso, estou com o papagaio Galvão e não abro".


O narrador também aproveitou para brincar com o apresentador sobre um vídeo em que ele aparece dançando sentado ao lado de Fátima Bernardes. Galvão não dançou uma música de Shakira durante a abertura da Copa, e sim uma canção do Black Eyed Peas.


O movimento ganhou força e rompeu as fronteiras do Brasil graças a uma brincadeira que traduziu para o inglês essa expressão, "cala boca, Galvão", como significando "save the Galvão birds" (ou seja, salve os pássaros Galvão), uma ave brasileira fictícia que estaria em processo de extinção. Outra corrente, dizia que a expressão era o nome da mais recente música do fenômeno pop Lady Gaga. A história foi parar até no jornal americano 'The New York Times' e no espanhol 'El País'. Galvão deu tanta risada com a situação que resolveu apoiar o movimento!
 


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE