PUBLICIDADE
Caarapó

Douradense é preso com carga de maconha

| DOURADOSNEWS


Uma carga de maconha que saiu do Paraguai na manhã de sábado e passou por Mato Grosso do Sul, foi apreendida no domingo pela Polícia Federal de Goiás na cidade de Indiara na rodovia GO 060.
Entre os presos está um douradense que segundo a PF tinha a missão de bater a estrada para a caminhonete Hillux que levava o entorpecente.

 

Ao todo seis pessoas foram presas na operação. Foram presos Gerson Tavares de 46 anos, e Cristiano Muniz de Campos, 25, estariam na caminhonete, o douradense Sandro do Nascimento de 23 anos, Aldemar de Souza Batista de 30 anos, que estavam em um Gol com placas de Dourados, Kleber Barros dos Santos de 26 anos e Elizangela Vieira de Alcântara de 27 que estavam e um Astra com placas de Amambai.
 

Os carros batedores viriam na frente para avisar onde se encontravam as barreiras policiais. Gerson Tavares, que dirigia a caminhonete, utilizava estradas alternativas para desviar de qualquer fiscalização. Como eram monitorados pela PF, quando chegaram a Indiara, foram abordados.
 

Segundo o delegado que comandou a operação, Deuselino Valadares, houve uma tentativa de fuga na abordagem, mas foi controlada. A droga estava embalada e para escondê-la havia apenas um plástico preto no vidro traseiro do carro. "Eles foram ousados e pela forma como agiram, já eram traficantes", disse o delegado. Deuselino disse também que Pernambuco deixou de ser o principal ponto de distribuição porque já estava "manjado". "Por Goiás estar localizado no centro do país, torna-se fácil ponto de distribuição", disse.

 

Segundo a Polícia Federal, o aumento do tráfico em Goiás fez com que fossem utilizadas novas metodologias de trabalho. A polícia acredita num possível caso de roubo de veículos e a checagem ainda não foi feita. (Antonio Coca com informações do Diário da Manhã)

 


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE