PUBLICIDADE
Geral

Apostador acerta números, mas não leva prêmio

| GLOBO.COM


Um apostador de São Paulo acertou os números do sorteio 867 da Dupla Sena, da Caixa Econômica Federal, mas ficou sem o prêmio esperado. Tudo por causa de um erro no sistema de informação do próprio banco junto às lotéricas. Em Brasília, a Caixa informou que na semana que vem toda a rede - de 35 mil terminais do banco - vai ser atualizada e, em 15 dias, todas as lotéricas do país estarão com a nova versão do sistema.


O auxiliar administrativo Cleverson Soares de Souza acertou quatro números do segundo sorteio do concurso 867 da Dupla Sena. Ele passou na lotérica onde fez a aposta e retirou um comprovante do resultado que diz que a quadra teve um acertador e o prêmio seria de R$ 110 mil.


“Fui até o banco para sacar o dinheiro. Cheguei lá, preenchi todos os documentos e eles viram o recibo que tinha sido o ganhador mesmo. Só que, quando foi para receber, eles falaram que era outro valor”, conta. Mas o site da Caixa informa que a quadra do concurso 867 não teve apenas um, mas quase dois mil ganhadores e que o prêmio para cada um deles é de apenas R$ 39.


“É triste, a gente vai lá todo alegre já, planejando um monte de coisa. A gente preenche tudo e fica com cara de bobo, de palhaço na frente das pessoas”, lamenta Cleverson. Em nota, a Caixa informou que a partir do concurso 866 foi alterada a metodologia de premiação da Dupla Sena - antes eram quatro possibilidades de ganhar, e agora são seis.


No sistema de premiação anterior, a quina e a quadra não pagavam nada no primeiro sorteio, e pagavam 20% no segundo. Atualmente, a Caixa paga 15% para os ganhadores da quina e 10% para a quadra em ambos os sorteios. O problema é que o programa que faz a distribuição do rateio ainda não foi atualizado junto às lotéricas.


A Caixa pediu que não fossem emitidos os comprovantes dos resultados da Dupla Sena até que o programa fosse alterado. Apesar das explicações da Caixa, Cleverson disse que quer receber os R$ 110 mil e que vai entrar na Justiça contra o banco. “Vou até o fim, não vou desistir”, afirma.


Os apostadores que, assim como Cleverson foram premiados no sorteio 867, estão sendo orientados a entregar no banco o comprovante das apostas e conferir os resultados corretos na página da Caixa Econômica Federal na internet.
 

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE