PUBLICIDADE
Caarapó

Noite de Ação de Graças reúne católicos e evangélicos em Cpó

A 2ª Noite de Ação de Graças, realizada no último sábado, em Caarapó, reuniu católicos e evangélicos durante a apresentação dos shows da cantora Eyshila e do grupo Cantores de Deus.

| ASSESSORIA


 

A 2ª Noite de Ação de Graças, realizada no último sábado, em Caarapó, reuniu católicos e evangélicos durante a apresentação dos shows da cantora Eyshila e do grupo Cantores de Deus. O evento foi promovido pela prefeitura municipal, em comemoração aos 49 anos de emancipação político-administrativa do município, que serão completados no próximo dia 20.

Uma multidão compareceu à Praça “Mário Martines Ribeiro”, que foi especialmente preparada para os shows da banda evangélica da cantora Eyshila e do grupo católico Cantores de Deus. Parte do público foi acomodada em cadeiras disponibilizadas no local.

O prefeito Mateus Palma de Farias (PR), em discurso proferido no intervalo entre o show evangélico e a apresentação do grupo católico, explicou que a 2ª Noite de Ação de Graças tinha o objetivo de “agradecer a Deus pelas ações realizadas em 2007”. No início do evento, foi inaugurado o Memorial “Estrela da Manh㔠na praça central, composto por uma estrela de seis pontas (a Estrela de Davi) com a inscrição do Salmo 127:1-b, que diz: “Se o Senhor não guarda a cidade, em vão vigia a sentinela”.

“É o reconhecimento da nossa dependência de Deus. Esse é o objetivo da edificação desse memorial. Que tenhamos a consciência de que tudo que fazemos estamos subordinados a Deus. Em vão trabalharemos se não formos guardados pelo Senhor”, explicou o prefeito, que professa a fé cristã. 

No mesmo evento, foram inauguradas as obras de reforma e construção da nova fachada da prefeitura, que segue uma linha arquitetônica moderna e altera radicalmente o visual do paço municipal.

A líder do grupo Cantores de Deus, Dalva Tenório, observou, durante o show, que a iniciativa da administração municipal em reunir católicos e evangélicos em um mesmo evento é algo raro. Ela acrescentou que viaja o Brasil inteiro realizando shows, “mas dificilmente encontramos algo assim, como estamos vendo em Caarapó”.


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE