PUBLICIDADE
Caarapó

PRF apreende carne imprópria para o consumo

| PRF


A Policia Rodoviária Federal em parceria com a Secretaria de saúde de Anastácio, na manhã de ontem, durante fiscalização sanitária apreenderam 100 kg de carne, recém abatida, que estava sendo transportada por um homem de 39 anos, em um veículo Fiat Uno BRIO, placas HQF-0641, na BR 419, sem as devidas precauções sanitárias e o transporte adequado, podendo causar algum tipo de problema de saúde para quem ingerir o produto.


A produção e o comércio de carne e outros produtos de origem animal são regidos por especificações técnicas e sanitárias previstas na Lei Federal nº 1.283, de 1950.
 

De um lado, estão as rígidas normas que tratam do abate, conservação e transporte destes produtos. Do outro, a cultura do abate em condições precárias de higiene e limpeza em determinados locais.


Ocorre que, potencialmente perecível, a carne não pode ficar exposta, muito menos na superfície porosa dos balcões de madeira, onde geralmente é vendida, e devem ser transportadas em câmaras frias.
 

A carne estragada pode transmitir diversas moléstias, entre elas, a tuberculose e tem como efeito mais comum a diarréia


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE