PUBLICIDADE
Caarapó

Pit Bull mata o próprio dono em Campo Grande

| MIDIAMAX


Fernando Jorge Paes, de 46 anos, dono de uma loja de parafusos, morreu após ser mordido pelo seu próprio cachorro Pit Bull, na rua Engenheiro Roberto Mange, no bairro Taquarassu, em Campo Grande.
 

O caso ocorreu ontem à noite no quintal da casa de Fernando, que mora junto com o seu cão Pit Bull e um outro vira-lata. Fernando, que é divorciado, tem três filhos e se casaria no final do ano.
 

Apesar do fato ter ocorrido ontem à noite, o corpo do homem foi encontrado na manhã de hoje pelo gerente da loja de parafusos em que Fernando é proprietário. O homem foi até à casa de Fernando e o encontrou já morto. O cachorro está com a boca cheia de sangue.
 

Segundo informações da polícia, Fernando teve todo o seu corpo mutilado pelas mordidas que chegaram a arrancar pedaços do corpo do homem como no braço.
 

De acordo com o cunhado da vítima, João Bosco de Souza, o Pit Bull não era um cão violento e que conhecia as pessoas. Bosco recorda que quando ele chegava na casa de Fernando, o cachorro já sabia que ele era uma pessoa amiga.
 

Para conter o cachorro, foram necessárias quatro viaturas do Corpo de Bombeiros. O animal foi levado para o CCZ (Centro de Controle de Zoonoses). Diversos curiosos estão no local acompanhando o trabalho da perícia.
 

iniciaCorpo("15;12;16;13;17;14;18;15");

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE