PUBLICIDADE
Geral

Rodrigo Santoro não fechou cachê para filme sobre jogador de futebol

| UOL


O ator Rodrigo Santoro, 34, afirmou que continua "não ganhando dinheiro com cinema", mesmo tendo trabalhado com grandes diretores como Steven Sorderbergh e David Mamet.
 

Atualmente, Santoro está participando das gravações de um longa sobre a vida do jogador Heleno de Freitas, que se consagrou no Botafogo, nos anos 40, e morreu louco em um sanatório, aos 39 anos.
 

"Eu ainda nem acertei minha participação aqui nesse filme", revelou à repórter Lígia Mesquita, da coluna Mônica Bergamo. A íntegra do texto, publicado neste domingo (20), está disponível para assinantes da Folha e do UOL.
 

"E lá fora sou ator de sindicato, ganho pela tabela", contou.
 

Sobre as críticas às suas pequenas participações em filmes estrangeiros, afirma: "Quem está na chuva é para se molhar. São experiências. Não faço minhas escolhas pensando no que os outros vão falar".
 

Santoro já atuou em filmes como "Che", "Cinturão Vermelho" e "300", entre outros.


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE