PUBLICIDADE
Geral

Julia Roberts quer saber o que os brasileiros acham dela

| TERRA


Em um dos hotéis mais luxuosos do Caribe, em Cancún, a bela atriz Julia Roberts falou com exclusividade ao Terra sobre o filme que estrela, Comer, Rezar, Amar , e que estreia nos cinemas brasileiros em outubro deste ano - a entrevista fazia parte da agenda do Summer Sony - evento do distribuidor do filme. No longa, uma adaptação do best-seller homônimo de Elizabeth Gilbert, Julia, 42 anos, vive uma mulher em sua peregrinação por Itália, Índia e Bali em busca de paz, e, de quebra, encontra um grande amor, que é brasileiro! - papel do espanhol Javier Bardem, 41.
 

Em meio à entrevista, enquanto tentava arrumar o cabelo revolto de Javier Bardem - que teimava em dar um nó -, a estrela passa ao papel de entrevistadora e faz a seguinte pergunta inusitada ao repórter do Terra: "Você, que também é brasileiro, me acha uma falsa magra?". Inusitada devido à sua fama de rabugenta e irascível com a imprensa internacional - um comportamento, aliás, que vem se desconstruindo, principalmente após a maternidade. Júlia é mãe dos gêmeos Hazel Patricia e Phinnaeus Walter, 5, e de Henry, 3.
 

Na verdade, a atriz quis quebrar o gelo, emprestando, do filme, um comentário que o personagem de Javier faz à sua personagem, dizendo que, para os padrões brasileiros, era ela uma falsa magra.
 

A reposta deste jornalista foi quase tão instantânea quanto a pergunta da diva hollywoodiana: "Não. Você está em uma categoria própria, a das mulheres belíssimas".
 

Já, Bardem, preferiu fazer graça com o futebol, ao saber a origem do jornalista. Animadíssimo com a vitória da seleção espanhola sobre a portuguesa na Copa do Mundo (na terça-feira, 29), o ator, alguns quilos acima do peso, disse só temer que a Fúria (apelido da seleção espanhola de futebol) enfrente os canarinhos (apelido do time brasileiro) numa final. O que o deixaria com o coração na mão.


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE