PUBLICIDADE
Caarapó

Jornaleiro é assassinado com dois tiros em Dourados

| SIDENI BRONKA


Edirceu de Oliveira, de 42 anos, que residia na Rua Rio Brilhante (Jardim Água Boa) foi assassinado a tiros esta manhã, por volta das 5h20.
 

Edirceu, que era funcionário do Jornal O Progresso, onde atuava no setor de revelação de fotolito da gráfica do jornal, e representante do jornal Correio do Estado em Dourados seguia numa bicicleta pela rua Rio Brilhante, quando se aproximaram dois homens, que passaram a atirar. Ele levou dois tiros na cabeça, no lado esquerdo, e perdeu massa encefálica. Morreu na hora.
 

O Samu esteve no local, mas nada pode fazer. Testemunhas contaram à polícia que viram os assassinos, que mataram Edirceu momento em que ele seguia para o escritório do Correio.
 

Edirceu era um exemplar trabalhador, pessoa de conduta reta, bem quisto pelos colegas e patrões. Ele deixa mulher e filho pequeno.
 

A polícia está no encalço dos bandidos. O corpo foi encaminhado para o Instituto Médico Legal de Dourados (IML).


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE