PUBLICIDADE
Caarapó

Após jogar bola menina de 12 anos tem morte súbita na Capital

| MIDIAMAX


Adylene Miranda Fagundes de 12 anos morreu por volta das 12h de ontem(4), de uma forma ainda a ser esclarecida.
 

Antônio Fagundes, pai da menina contou à polícia que Adylene estava jogando bola com uma amiga quando a sua mãe a chamou para dentro de casa, momento em que ela foi para o seu quarto.
 

Após chamá-la várias vezes e não ser atendida, a mãe da menina foi até ao quarto onde a encontrou encostada na cabeceira da cama com uma coloração de pele roxa.
 

A jovem foi levada para o posto do bairro Guanandi onde foi submetida a procedimentos de reanimação.
 

A família aguarda o resultado de testes necroscópicos que vai afirmar a causa da morte.


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE