PUBLICIDADE
Caarapó

Justiça impede menor de mostrar seio em reestreia de peça

| FOLHA


O musical "O Despertar da Primavera", dirigido por Charles Möeller e Claudio Botelho, que reestreia amanhã no teatro Shopping Frei Caneca, vai ser adaptado, pelo menos nos três primeiros dias de apresentação, para cumprir decisão judicial da Vara Central da Infância e Juventude de São Paulo.
 

A atriz Malu Rodrigues, 16, não vai poder mostrar o seio direito, como prevê o roteiro original.
 

Apesar de a atriz ser emancipada, o juiz Adalberto José Queiroz Telles de Camargo Aranha Filho considerou, em alvará que autoriza sua presença em cena, que ela não está excluída do ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente).
 

A peça ficou por longo tempo em cartaz no Rio e começou a causar polêmica por uma cena em que Malu aparece com o seio desnudo.


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE