PUBLICIDADE
Agronegocios

Exportações de MS cresceram 40% no primeiro semestre

| DIáRIO MS


As exportações sul-mato-grossenses continuam em franca expansão. Conforme dados preliminares da Balança Comercial Brasileira, divulgados ontem pelo Ministério do Desenvolvimento, o volume de negócios de MS com o mercado internacional apresentou um crescimento de 40,5% no primeiro semestre deste ano, se comparado com o mesmo período de 2009.

De janeiro a junho, o Estado já exportou US$ 1,2 bilhão. No primeiro semestre do ano passado, o volume de comercializações com o mercado externo foi de R$ 908,4 milhões. A média diária de exportações passou de US$ 7,4 milhões para US$ 10,3 milhões. O Estado passa de 1,30% a 1,43% no índice de participação nas exportações brasileiras.

De junho do ano passado para junho deste ano a reação foi de 9,98%, passando de US$ 251.382.978 a US$ 276.474.731. Os dados por produto referente ao mês de junho ainda não foram divulgados, mas até maio os principais eram a soja em grãos, a carne congelada e a celulose. Quanto às importações, baseadas especialmente no gás natural boliviano, ficaram praticamente mantidas no primeiro semestre em relação a 2009, totalizando US$ 1.468.394.103. Em junho houve importante reação, de 35,54%, alcançando US$ 287.718.816.


BRASIL


No primeiro semestre de 2010, as exportações brasileiras totalizaram US$ 89,1 bilhões, com média diária de US$ 725,1 milhões, cifra 27,5% maior que a verificada no mesmo período de 2009, de US$ 573,3 milhões. Em junho, as exportações alcançaram valor de US$ 17,095 bilhões. Sobre junho de 2009, as exportações registraram aumento de 18,2%, e sobre maio de 2010 retrocedeu 3,4%.

Já as importações registraram a soma recorde de US$ 81,302 bilhões nos primeiros seis meses do ano, volume superior a 2009 (US$ 79,343 bilhões), com aumento de 43,9%, sobre o mesmo período anterior, pela média diária.

Em junho, as importações atingiram o volume de US$ 14,817 bilhões. Sobre igual período anterior, as importações registraram crescimento de 50,2% e sobre maio de 2010 cresceu 3,9%.

O superávit da balança comercial no acumulado do ano somou US$ 7,887 bilhões, valor 43,3% inferior ao registrado em equivalente período anterior (US$ 13,907 bilhões). iniciaCorpo("12;11;14;12;16;13;18;14");

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE