PUBLICIDADE

Homem mata esposa e sai pela rua com 2 facas, cheio de sangue em Campo Grande

Inicialmente identificado como Daniel Cardoso, o homem disse que havia se desentendido com a companheira na tarde desta segunda-feira

| POR GUSTAVO BONOTTO E JULIANO ALMEIDA/CAMPO GRANDE NEWS


Equipes da PRF e Força Tática fazem a retirada do corpo. (Foto: Juliano Almeida)

Gilka Simony Nunes, de 47 anos, foi morta a facadas pelo então companheiro no fim da tarde desta segunda-feira (4), em Campo Grande. O corpo da vítima foi encontrado por dentro de casa, no cruzamento das ruas Sambacuim e Zínia, no Bairro Vila Moreninha III.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, uma equipe fazia fiscalização rotineira na BR-163, trecho do km-466, quando abordaram um rapaz sujo de sangue e que andava de forma suspeita.

Inicialmente identificado como Daniel Cardoso, o homem disse que havia se desentendido com a companheira na tarde de hoje. Ele portava duas facas e também apresentava ferimentos no tórax.

Diante dos fatos, uma equipe da PRF se deslocou até a casa do casal, onde Gilka foi encontrada sem vida. A residência apresentava diversas marcas de sangue. Policiais militares da Força Tática, investigadores da Deam (Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher) e Perícia Científica fizeram averiguações no local.

O homem foi preso em flagrante e encaminhado para a Deam. O caso é investigado como feminicídio. Uma coletiva para esclarecer o que de fato aconteceu está marcada para a manhã de terça-feira (5). 


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE