PUBLICIDADE

No Pantanal de Corumbá, Ponte do Passo do Lontra terá iluminação em LED solar

Ao todo, serão instalados 26 postes e 38 luminárias de 100 watts, que possuem tempo de carga de até oito horas e autonomia para durar de três a quatro dias seguidos de chuva

| GOVMS / NRODRIGUES


Foto: Chico Ribeiro

A Ponte do Passo do Lontra, sobre o Rio Miranda, no Pantanal de Corumbá, vai receber iluminação ornamental com lâmpadas do tipo LED solar. O sistema, que gera energia a partir da luz do sol, é considerado ambientalmente correto e gera menos custos com manutenção, quando comparado aos sistemas convencionais.

Conforme contrato divulgado pela Seilog (Secretaria Estadual de Infraestrutura e Logística) em diário oficial nesta quinta-feira (29), serão investidos R$ 296,8 mil para iluminar a estrutura de concreto, através do programa “MS Energia Limpa'.

Ao todo, serão instalados 26 postes e 38 luminárias de 100 watts, que possuem tempo de carga de até oito horas e autonomia para durar de três a quatro dias seguidos de chuva.

A obra deve ser concluída em um prazo de até 180 dias consecutivos, contados a partir da data de assinatura do documento que autoriza o início do serviço.

Construída na MS-184, sobre o Rio Miranda, a Ponte do Passo do Lontra é um atrativo turístico para a região. A iluminação vai proporcionar mais segurança para as pessoas que circulam pela ponte durante a noite, tanto para motoristas e passageiros de veículos quanto para pedestres, já que a estrutura possui duas passarelas.

MS-156

Também nesta quinta-feira (29), o governo estadual divulgou a contratação do projeto executivo de engenharia para restauração do pavimento da rodovia MS-156, no trecho de 64,50 quilômetros entre os municípios de Amambai, Coronel Sapucaia e Tacuru.

De acordo com publicação feita pela Agesul (Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos) em Diário Oficial, o projeto será executado em até 180 dias consecutivos com investimento de R$ 839,6 mil. Após a conclusão, o governo está apto a licitar a obra de restaurado.

Bruno Chaves, Comunicação Seilog 


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE