PUBLICIDADE

Maracaju e Jardim são cidades mais quentes do Brasil nas últimas 24h

Conforme o Cemtec (Centro de Monitoramento do Tempo e do Clima) os próximos três meses devem ser de calor acima da média em Mato Grosso do Sul

| POR NATáLIA OLLIVER/CAMPO GRANDE NEWS


Mulher caminhando com sombrinha para se proteger do sol quente (Foto: Marcos Maluf)

Mato Grosso do Sul se manteve, pelo terceiro dia consecutivo, no pódio de cidades mais quentes do país. A nova onda de calor colocou Maracaju e Jardim liderando a lista do Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia) neste domingo (3). As temperaturas chegaram a quase 40º C (39,6ºC e 39,2ºC, respectivamente). O índice é referente às últimas 24h.

Além dessas, cidades como: Aquidauana, registraram 38,3ºC, Três Lagoas, 38,3ºC, Rio Brilhante 38.1ºC, Água Clara 38.1ºC e Miranda 37,9 ºC, aparecem com temperaturas altas. Outras 20 cidades também estão na listagem.

Neste sábado (2) das 10 cidades brasileiras com as maiores temperaturas registradas desde sexta no Brasil, 8 são sul-mato-grossenses. Neste domingo, 7 estão no top 10.

Em outros estados quem compõem o pódio são Boa Vista, em Roraima, com 38.6 ºC. Seguido de Cuiabá, no Mato Grosso, com 38.4 ºC.

Conforme o Cemtec (Centro de Monitoramento do Tempo e do Clima) os próximos três meses devem ser de calor acima da média em Mato Grosso do Sul.

A média histórica de temperaturas no mês de março é de 24,7°C na Capital, 27,2°C em Corumbá, 24°C em Dourados e Ponta Porã e 26°C em Três Lagoas.  Entretanto, as médias observadas este ano devem seguir o mesmo ritmo de 2023.  Dados apontam que Mato Grosso do Sul é um dos estados mais quentes do país no mês de março. 


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE