PUBLICIDADE

Mulher morre vítima de bala perdida durante execução em praça em Campo Grande

Já Liana, que mora em frente da praça, correu após ouvir os disparos e foi vítima de uma bala perdida

| POR GUSTAVO BONOTTO E BRUNA MARQUES/CAMPO GRANDE NEWS


Equipe da Guarda Civil Metropolitana isola o local do crime para a perícia. (Foto: Direto das Ruas)

Liana Azevedo da Silva, de 37 anos, e Wanderson Matheus Vieira de Araújo, 20 de idade, foram mortos por disparos de arma de fogo no início da noite deste domingo (3), entre as Ruas Madame Buterfly, Dr. Jivago e Hamlet, ao lado da praça do Bairro Estrela do Sul, situada na região norte de Campo Grande.

Conforme descrito por populares que acompanharam a dinâmica, dois homens em uma motocicleta de cor preta abordaram Wanderson, que estava em um ponto de ônibus próximo ao local. Houve discussão, a vítima tentou correr, mas foi atingida pelos tiros e terminou caindo em meio ao gramado.

Já Liana, que mora em frente da praça, correu após ouvir os disparos e foi vítima de uma bala perdida. Segundo moradores, ela estaria chamando o filho que estava brincando na via pública.

O Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) foi acionado, mas ambos não apresentavam sinais vitais. Assim como a PM (Polícia Militar), a GCM (Guarda Civil Metropolitana) fez buscas na região, mas os suspeitos não foram localizados. A reportagem apurou que Wanderson possuía passagens por tráfico de drogas e receptação.

O caso será registrado como homicídio qualificado na Depac Cepol (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário e Centro Especializado de Polícia Integrada). 


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE